10/12/2013 - Com médicos estrangeiros, população indígena espera dias melhores nas aldeias que pertencem ao Pólo de São Félix do Araguaia.

Quatros (04) médicos cubanos chegam a São Félix do Araguaia – MT e são recepcionados pelo Coordenador do Distrito Milton Martins de Sousa, funcionários do SESAI, Dr. Marcio, Secretária de Saúde Gildene e o Prefeito Municipal José Antonio de Almeida (Baú).

  

"Acredito que os médicos de Cuba só querem ajudar a todos os povos que necessitam. Essa é a missão deles nas aldeias, ajudarem os povos indígenas que são carentes de médicos", disse o Coordenador do Distrito Milton.

"Eu acho que os povos indígenas merecem uma melhora na qualidade da saúde. Merece muito mais atenção primária de saúde para a prevenção de muitas enfermidades", afirmou o Prefeito Baú.

 

"Muitas são doenças crônicas e infecciosas que, de uma maneira geral, são muitos semelhantes das que atendemos em Cuba", disse o médico Cubano Osmir Lòpez Chacon.

 

"Estou muito feliz e contente. O povo brasileiro é muito solidário e muito humano. Tem nos recebido muito bem", declarou Dr. Ruben Perez Oliveira.

 

“Quero trabalhar com a comunidade indígena”, declarou o médico cubano Rolando Janes Gonzales.

 

“Foi impressionante. O povo brasileiro é um povo muito afetivo, muito alegre. Espero ser muito feliz aqui”, comentou o médico Yimmy Sarria Hernandez.

 

Os médicos estrangeiros receberam aplausos, do público presente.

 

Os profissionais irão atuar em aldeias que pertencem ao Pólo do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) no município de São Félix do Araguaia. Dois médicos atuarão na cidade de Santa Terezinha – MT, 01 em São Félix do Araguaia e 01 na cidade de Confresa – MT. No momento não ficou definido os nomes de quem atuará nos Pólos Bases de jurisdição do DESEI Araguaia.

Além dos médicos os indígenas; Cleber Ixadeo Karajá Mawisy Karajá, e Tehaluna Karajá também falaram das expectativas dos povos indígenas em poder contarem com os médicos cubanos nas aldeias e desejaram muita sorte a todos. De acordo com os indígenas da etnia Karajá disse que os médicos vieram em boa hora.  “Aos índios que pertencem ao Pólo de São Félix do Araguaia, uma vitória em ver a disponibilidade dos médicos ao saberem que enfrentarão vários problemas na saúde indígenas”, disse Tehaluna.

 

Os médicos cubanos que participam do programa Mais Médicos, do governo federal, vão ter um regime diferenciado de pagamento. O governo brasileiro vai repassar o valor da bolsa mensal, de R$ 10 mil, ao governo cubano, que vai se encarregar de fazer o repasse de parte do dinheiro aos médicos da ilha caribenha.

 

Vanessa Lima/O Repórter do Araguaia

Comentários

Data: 10/12/2013

De: Denise miranda

Assunto: sesai

parabéns ao povos indigenas vcs merecem, sejam bem vindos os médicos cubanos a nossa região. Milton Parabéns...

Data: 16/12/2013

De: ivanilde

Assunto: Re:sesai

Parabéns mesmo, pois o povo indígena merece um melhor atendimento na saúde e parabéns ao Coordenador: Milton Martins de Souza, pela recepção oferecida aos médicos. Boa sorte meu irmão.

Novo comentário