11/01/2016 - Nova Xavantina -Sávio Carvalho contesta Cebola sobre Prefeitura

11/01/2016 - Nova Xavantina -Sávio Carvalho contesta Cebola sobre Prefeitura

Esquenta o clima da pré-campanha às eleições municipais de Nova Xavantina. De um lado está o vice-prefeito, João Batista Vaz (João Cebola) (PMDB) que assume em janeiro o cargo de prefeito no lugar de Gercino Caetano Rosa (PSD) que passa o cargo ao vice, segundo anunciou, “por conta das dificuldades financeiras”.

 

Em função desse arrocho econômico porque passa o município Gercino abriu mão de seu próprio salário e cortou ordenado do vice Cebola e reduziu de 11 para cinco as secretarias municipais com todos seus titulares sem vencimentos.

 

Em contraposição ao que dissera Gercino, o futuro prefeito João Cebola disse de início, numa entrevista por telefone ao portal semana7 que não sabe ainda se será candidato a prefeito, mas ponderou, no entanto, “só se a situação for favorável” e disse que vai tocar as obras que estão em curso e “correr atrás de emendas e de convênios”.

 

Comentários dão conta de que o futuro prefeito já articula a contratação de novos secretários, embora não abra mão da contenção de despesas deflagrada pelo seu futuro antecessor Gercino Rosa e gabou-se não ser nenhum forasteiro e que tem 44 anos de Nova Xavantina, em breve alusão ao seu concorrente nesta fase pré-eleitoral, o empresário Sávio Carvalho (PSDB).

 

CONTRAPONTO

 

Logo a sua frente neste confronto político que começa a tomar forma no município está, como já se disse, o empresário Sávio Carvalho que é pré-candidato à Prefeitura de Nova Xavantina e que considera essa troca de cadeiras uma manobra, como sendo uma jogada política, “um possível acordo tecido entre Cebola e Gercino que agora se cumpre”, ironiza.

 

Entre os questionamentos de Sávio Carvalho ele aponta inicialmente a crise que seria o motivo para a saída de Gercino Rosa se seu futuro substituto anuncia obras e que deve, segundo disse, acolher seus correligionários com cargos nos escalões de sua gestão.

 

Sávio disse à reportagem deste jornal, na tarde de quarta-feira, (23/12), que o povo de Nova Xavantina acredita em Gercino. “Se ele disse que há crise e a administração passa por dificuldades o povo crê que seja verdade, mas se o vice diz que vai tocar obras e fizer contratações, alguém nessa história está mentindo”, assegura.

O empresário diz ainda que essa troca de cargo “já é pré-campanha” e que a conta entre o prefeito Gercino e seu vice Cebola “não fecha porque tem alguma coisa errada que o povo precisa saber”, desafia.

 

Sobre o termo ‘forasteiro’ proferido por João Cebola à reportagem, Sávio Carvalho diz que não enxerga o povo de Nova Xavantina por este ângulo que ele chamou de preconceituoso “porque todos nós somos Nova Xavantina” e disse que não se considera um forasteiro, que desde 1984 trabalha na região (ele é proprietário do Frigorífico Nova Carne) e cita outros empresários como Laticínios Cajes, Grupo Facchini, Nico do Leilão, “entre tantos outros que não são naturais da cidade onde geram emprego e renda a muitas famílias. Eu acho que João Cebola está equivocado”.

 

 

 

Semana 7.com

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário