11/01/2016 - Adolescente de 15 anos que matou vítima com dez tiros não mostra remorso: “está feito”

11/01/2016 - Adolescente de 15 anos que matou vítima com dez tiros não mostra remorso: “está feito”

 

O adolescente de 15 anos, apontado pela polícia como um dos autores do homicídio que vitimou um homem com 10 disparos de arma de fogo em Barrado Bugres (168 km de Cuiabá) teve o mandado de internação provisória cumprido na manhã desta sexta-feira (08). Durante o seu depoimento, o menor deu detalhes da execução e não demonstrou remorso: “O que está feito, está feito”.

 

Na última quinta-feira (07), o suspeito, Cleyton Moisés da Silva, 19 anos, conhecido por “Lagoinha”, teve o mandado de prisão temporária cumprido, também acusado da autoria do crime. O crime aconteceu no dia 28 de dezembro e foi motivado por uma briga, ocorrida no dia 26 de dezembro, em um clube da cidade.


Quando foi executada, a vítima estava em sua residência acompanhada da esposa que está gestante. Os dois suspeitos invadiram o local e começaram a disparar contra o homem, que não teve chance de defesa. Ele foi socorrido e encaminhado ao hospital municipal, mas não resistiu aos ferimentos e foi a óbito. A companheira não foi atingida.


O menor confessou o crime ao delegado João Paulo Praisner e deu detalhes da execução. O adolescente confirmou que ter sido ele o primeiro a disparar contra a cabeça da vítima. Ele e o comparsa presenciaram a porta da casa da vítima aberta e então entraram, sendo que ele efetuou 6 disparos contra a vítima utilizando um revólver calibre 38 e o comparsa efetuou os demais tiros utilizando uma pistola calibre 765.


Questionado pelo delegado se estava arrependido de ter cometido o crime, o adolescente não demonstrou remorso: “O que está feito, está feito”.

 

 

 

Olhar Direto

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário