11/02/2011 08h:35 Pescador que não sabe nadar é resgatado após 5 horas no mar em SC

Edson Siewert se perdeu do barco quando tentava arrumar rede de pesca.
Segundo a PM, vítima estava a seis quilômetros da costa catarinense.

O pescador Edson Luiz Siewert, 29 anos, que não sabe nadar, foi resgatado às 9h desta quinta-feira (10), na região Norte da Ilha dos Remédios, em Balenário em Barra do Sul (SC). Segundo a Polícia Militar de Santa Catarina, ele ficou cinco horas na água, sem qualquer equipamento ou apoio que o deixasse na superfície da água.

O major Nelson Henrique Coelho, comandante da 2ª Companhia do Batalhão de Aviação da Polícia Militar, disse que o pescador mergulhou para fazer reparos na rede que usava para pegar camarões. "O cabo guia dele se rompeu e ele ficou preso nas cordas da rede. Enquanto tentava se desprender, a embarcação se distanciou do local e ele ficou à deriva. Isso aconteceu por volta das 4h desta quinta", disse.

Coelho disse ainda que o pescador, por não saber nadar, ficou mergulhando durante as cinco horas. "Ele não tem habilidade no nado. Mas por ter o hábito de mergulhar para consertar redes de pesca, foi essa a maneira que ele encontrou para sobreviver. Quando se cansava, ele só conseguia boiar."

A embarcação do pescador foi encontrada por outros pescadores no largo da Praia do Ervino. "A embarcação estava com motor acionado. A documentação de registro do barco é de Balneário Barra do Sul. Com isso, conseguimos levantar a tripulação do barco, composta por apenas uma pessoa", disse Coelho.

O comandante informou ainda que o pescador foi localizado no mar 25 minutos depois do mapeamento da possível área de busca. "Durante o voo de helicóptero, avistamos uma pessoa a cerca de seis quilômetros da costa marítima, ao norte da Ilha dos Remédios. Tivemos dificuldade por causa do vento e da corrente marítima, mas os pescadores, que conhecem tudo sobre mar, nos ajudaram bastante. O rapaz estava exausto."

Siewert foi resgatado depois que um tripulante do helicóptero foi lançado ao mar para iniciar o içamento. "Ele foi levado até a faixa de areia em Barra do Sul, onde foi solicitado apoio de uma ambulância do Corpo de Bombeiros para realizar o transporte até o hospital local. Apesar de cansado, sua condição era estável."

Helicóptero usado no salvamento do pescador em Santa Catarina (Foto: Divulgação/Batalhão de Aviação da Polícia Militar de Santa Catarina)
Helicóptero usado no salvamento do pescador em Santa Catarina (Foto: Divulgação/Batalhão de Aviação da Polícia Militar de Santa Catarina)
 
 
 
Barco do pescador ficou à deriva no litoral catarinense na madrugada desta quinta-feira (10) (Foto: Divulgação/Batalhão de Aviação da Polícia Militar de Santa Catarina)
Barco do pescador ficou à deriva no litoral catarinense na madrugada desta quinta-feira (10) (Foto: Divulgação/Batalhão de Aviação da Polícia Militar de Santa Catarina)

Glauco Araújo

Do G1, em São Paulo