11/02/2016 - Velório de professores mortos em acidente comove centenas de pessoas; família voltava de SP

11/02/2016 - Velório de professores mortos em acidente comove centenas de pessoas; família voltava de SP

Centenas de pessoas se reuniram e se emocionaram no último adeus ao casal de professores Iraci Romagnolli e João Dias, mortos em um acidente de carro na tarde de ontem (9). Consternados, familiares, colegas de trabalho, alunos e ex-alunos manifestaram carinho e admiração aos profissionais, que foram lembrados por seu amor pela educação. Eles foram velados hoje (10) na funerária Capela Jardins. Na colisão, que envolveu outros dois veículos, o genro deles, Thiago Dias, também faleceu. Sua filha e a neta de 10 meses sofreram ferimentos, mas não correm riscos.

A trajetória dos professores foi marcada pela dedicação e pela paixão em educar. Presente nas primeiras fases das crianças na escola, Iraci lecionava em turmas do 1º ano do ensino fundamental no colégio Salesiano Santo Antônio há 28 anos. João, por sua vez, lecionava matemática para alunos do ensino médio, e já havia passado pela mesma escola, pelo Colégio São Gonçalo, onde foi coordenador, e pelo Instituto Federal de Ensino de Mato Grosso (IFMT).

Ela também era conhecida pelo amor a natureza, característica aliada ao trabalho e transformada em livros, nos quais bichos do pantanal auxiliavam na alfabetização dos pequenos. Era autora de “Bichonário do Pantanal”, “O Circo do Bagre Zé”, “Serelepiando com Poesias” e “Conhecendo a Fauna do Pantanal de A a Z”, publicados pela editora Tanta Tinta.  

Em sua página no Facebook, o proprietário da editora, Ramon Carlini, lamentou o acontecimento e lembrou o legado da professora, chamada por ele de “queridíssima” e “fabulosa”. “Impossível aqui expressar nossos tristes e profundos sentimentos. Iracy Romagnolli e sua família sempre estarão em nossos corações. Seu legado é enorme e importantíssimo. Desejamos conforto e paz aos familiares que ficam, sua filha, neta, filho e tantos outros”, expressou.

 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O diretor da escola onde ela trabalhava, padre Hermenegildo Conceição Silva, esteve presente no velório, onde realizou orações e prestou apoio a família. De acordo com ele, Iraci era fundamental para a escola, que está em luto prolongado até segunda feira. Uma missa com os alunos também será realizada em sua homenagem, e a situação da perda será acompanhada, especialmente entre as turmas com crianças menores. “Ela era uma pessoa muito sensível, carinhosa. Esse é o motivo de tanta comoção, ela era querida por todos.”

A notícia dos falecimentos também causou consternação na rede social por parte daqueles que passaram pelas aulas ministradas pelos professores. “Professor João Dias, grande e excepcional professor. Tia Iraci que muito bem fez seu papel de educadora. Deixaram um grande legado de virtude”, “Grande professor vá com deus”, “Quem amamos de verdade jamais morre, apenas parte antes de nós”, diziam algumas das mensagens, seguidas por fotos e declarações de apoio à família.

O acidente que vitimou a família aconteceu na BR-364, próximo ao município de Jaciara (144 km de Cuiabá), e envolveu, além do carro das vítimas, um veículo modelo Ecosport e uma carreta. Eles voltavam da casa de parentes na cidade de Dracena, em São Paulo. Iracy e João deixam um casal de filhos. 

 

 

 

Da Redação - André Garcia Santana

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário