11/03/2014 - Evangélicos perdem a paciência e protestam contra caos das obras da Copa

As obras da Copa do Mundo em Cuiabá estão lentas a tal ponto que chegou ao limite do povo evangélico. Indignados com as más condições das ruas no entorno da Arena Pantanal, membros da Igreja Batista da Paz, uma das maiores da Capital, se reuniram, nesta segunda-feira, 10, para reivindicar a restauração das vias. Com cartazes em mãos e instrumentos musicais, eles fecharam o trânsito na avenida Agrícola Paes de Barros e na rua Traçaia

 

“Chega de Buracos”, “Tem Buraco no meu IPVA”, “Asfalto de qualidade todos querem”, “Vem pro Buraco Você também” foram alguns dos cartazes levados pelos evangélicos ao protesto. Entre ironia e criticas havia mais: “É Buraco que Não Acaba +”, “Tapem os Buracos”, “Onde Tem Mais Crateras? Cuiabá ou a Lua?” e “Capital Internacional de Buracos” era mostrado à população.

 

Segundo o Pastor Isaias Silva, o protesto se deu por todos estarem revoltados com a situação. “É um desleixo como a cidade é tratada. Com estes buracos fica sem condições andar em Cuiabá” – disse o líder religioso. O templo da IBPaz está localizado em frente ao Terminal Atacadista do Verdão – que deveria ter se transformado em estacionamento.

 

O pastor foi mais longe: disse que o que mais incomoda é ver máquinas das empreiteiras responsáveis pelas obras da Copa ao lado das ruas com buracos sem que ninguém faça nada para resolver. “Somos contrários a este tipo de atitude. O mínimo que podemos fazer é manifestar” – frisou.

 

A Rua Dom Luís de Castro Pereira, no bairro Cidade Alta, é uma das que apresentam maiores problemas de infraestrutura. Já ao lado da Arena Pantanal, na Rua Traçaía, o trânsito é intenso. São duas pistas, mas fica quase impossível usar todos os espaços. São tantas crateras que não tem para onde desviar.

 

A Prefeitura informou que o serviço de tapa-buracos será retomado assim que parar as chuvas e que será feito o recapeamento total das vias com o avanço das obras da Arena e a diminuição do tráfego de caminhão na região. Segundo aPprefeitura, o entorno da Arena é de responsabilidade da Secopa, mas que os trabalhos estão sendo feitos em conjunto.

 

 

24 Horas News

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário