11/03/2015 - Policiais que passaram mal em curso recebem acompanhamento médico

Os policiais participavam de uma pré-seletiva para o Curso de Operações Especiais (Coesp) quando tiveram um mal súbito. Um deles já recebeu alta médica e outros dois continuam internados em quadro estável no Hospital Jardim Cuiabá, na capital.

 

A Polícia Militar vai instaurar um procedimento administrativo para apurar as circunstâncias que levaram três policiais a passarem mal na manhã desta segunda-feira (09.03), em Cuiabá. Os policiais participavam de uma pré-seletiva para o Curso de Operações Especiais (Coesp) quando tiveram um mal súbito. Um deles já recebeu alta médica e outros dois continuam internados em quadro estável no Hospital Jardim Cuiabá, na capital. 

 

O Coesp é um dos cursos que habilitam o policial militar a compor o efetivo do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope).    Conforme a equipe de saúde da Polícia Militar, que acompanha o estado clínico dos policiais, o tenente Everton Bespalez foi medicado, hidratado e recebeu alta médica. O tenente Carlos Henrique Scheifer está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), apresentou melhora e já teve contato com a família. O tenente Victor Hugo de Oliveira Marques, que também encontra-se na UTI do mesmo hospital, está estável, em observação.    

 

O FATO    A Polícia Militar de Mato Grosso havia iniciado, nesta segunda-feira (09-03), uma pré-seleção, com edital de nº 001/Deip/PMMT/2015, para o possível ingresso de policiais ao Curso de Operações Policiais Especiais (Coesp).    Neste primeiro dia, 10 policiais de Mato Grosso participavam de uma corrida de 10 km quando três deles passaram mal, por volta de 8h30. A atividade era acompanhada pela comissão avaliadora de aplicação do Teste de Aptidão Física (TAF), composta por policiais do Bope e do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (Cefap), de acordo com o edital.    

 

Imediatamente a equipe de saúde da PM prestou os primeiros socorros ainda no local e, posteriormente, conduziu os três policiais até a unidade de saúde mais próxima, que era a UPA do bairro Morada do Ouro.    Dos três tenentes, Scheifer e Marques deram entrada em estado grave, com quadro de hipertermia, hipotensão, hipoglicemia e convulsão. Com a necessidade de atendimento intensivo, foram transferidos para UTI de outro hospital.    

 

Mesmo apresentando quadro estável e consciente, o tenente Bespalez também foi transferido para o mesmo hospital, por medida de precaução. 

 

 

 

Redação 24 Horas News

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário