11/05/2012 - Assessor coloca arma na cabeça de secretário de Governo em briga por

 

O assessor Fábio Cardin, do vereador Chico Curvo (PSD), de Várzea Grande, colocou uma arma na cabeça do secretário de Governo da Prefeitura, vereador João Bulhões, durante uma discussão na manhã desta quinta-feira, na sede do Paço Couto Magalhães. A discussão teria girado em torno de demissões de pessoas em cargos de confiança. Entre eles, o próprio Cardin. Na hora, havia várias pessoas, que se afastaram com medo de uma possível bala perdida. 

Cardin foi exonerado do cargo em função da reforma e aguardava a recontratação  na nova estrutura administrativa. Mas o ato de sua contratação não saiu. O assessor chegou a confidenciar a amigos que estava se sentindo traído pelo secretário de Governo, a quem acusaria de estar “engavetando” seu ato.

Cansado de esperar, o assessor de Curvo procurou João  Bulhões. Houve uma dura discussão. Cardin deixou o Paço Municipal, sede da Prefeitura e, segundo relatos, teria retornado no final da manhã, armado. “Ele engatilhou a arma na cabeça de Bulhões e o ameaçou” – disse uma testemunha. Tenso, o secretário recorreu ao gabinete do prefeito Sebastião Gonçalves dos Reis, o Tião da Zaelli, para se refugiar.

Em entrevista ao site VG Noticias, Bulhões confirmou a ameaça, porém, negou que tenha sido por causa de cargos, disse apenas que tratou de discussão pertinente ao Governo. O secretário registrou um boletim de ocorrência contra Fábio Cardin, que deverá ser ouvido pela Polícia. Testemunhas do caso também serão chamados.

 

Valdemir Roberto
Redação 24 Horas News

Comentários

Data: 11/05/2012

De: Pedro Bó

Assunto: Bala

Bala perdida não mata ninguém, o que mata é bala achada...

Data: 11/05/2012

De: eleitor

Assunto: cobras

POIS NÃO ME ESPANTA, POR QUE É COBRA ENGOLINDO COBRA. TROCO UM PELO O OUTRO E NÃO QUERO NADA EM TROCA. ELES QUE SÃO BRANCOS ELES QUE SE ENTENDA........................................

Novo comentário