11/05/2015 - Quinze mil vão a Arena comemorar aniversário de Mato Grosso

Um dia de esporte, cultura e lazer para toda a família. E aprovado por quem esteve presente no entorno da Arena Pantanal durante todo o sábado (09.05) e participou das comemorações alusivas aos 267 anos de Mato Grosso. Gente de todas as idades, famílias inteiras, gente daqui e de fora foi até a Arena, muitos pela primeira vez, para conferir, de perto, festa organizada pela Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel).

 

À noite, cerca de 15 mil pessoas prestigiaram as apresentações artísticas. Durante o dia teve canoagem e ciclismo. “Eu moro perto, mas não tenho o costume de vir à Arena. Gostei muito da iniciativa que ofereceu uma programação bastante variada. Penso que isso deveria se repetir, pelo menos, a cada três meses”, disse o bancário Magnus Kehrwald, que esteve acompanhado dos três filhos nas atividades de lazer e esportivas realizadas durante a tarde.

 

Foram ao todo 14 horas de programação que começou com a inauguração da ciclo faixa que vai da Arena até a Passagem da Conceição, em Várzea Grande. O encerramento contou com um bailão de rasqueado com o cantor Guapo. Ao longo do dia houve uma série de atividades, entre esportivas e culturais.

A odontóloga Annie Michele mora em Cuiabá, mas nunca havia ido até a Arena. Ela tomou conhecimento da programação pela TV e levou os dois filhos, além do tio e uma prima. Também pela primeira vez no local, o dentista Alessandro de Albuquerque se disse surpreso com a estrutura, a variedade de atividades e a presença de um público grande e diversificado. “Passei oito anos fora do país e é a primeira vez que venho à Arena Pantanal. Vejo que famílias inteiras estão aproveitando o espaço e essa iniciativa está totalmente aprovada”, observou Alessandro, que foi acompanhado da esposa e do sogro.

 

Professora e ciclista, Taís Nunes chegou ao local de bicicleta e aproveitou o entorno para dar mais algumas pedaladas. Segundo ela, dois pontos fortes do evento foram a sinalização e a variedade de práticas esportivas. Das 8h às 16h foram oferecidas atividades como mergulho, jogos de salão, basquete, vôlei, artes marciais, rapel, mini atletismo, frescobol, badminton, futebol americano e skate, entre outras.

 

A cultura regional representada por músicos, cantores, atores e dançarinos encantou a aposentada Maria Aparecida que aproveitou para oferecer à família (três irmãs, cunhados e sobrinha, todos moradores de Goiás) uma programação diferente durante a visita do grupo à Capital. Uma das atrações mais esperadas da noite, a banda mato-grossense Vanguart levou centenas de jovens ao entorno da Arena.

 

Fã de Helio Flandres e cia, a estudante Victoria Alonso aprovou a programação cultural. “Arte é fundamental para as pessoas e necessária para os moradores de Cuiabá. Eu viria mais vezes se essa inciativa se repetisse”, observou.

 

Inclusão e integração também foram citadas pelo produtor cultural Julio Carcará, do Circo Leite de Pedras, que levou práticas circenses ao entorno da Arena. Para ele, as atividades desenvolvidas pelo Leite de Pedras se inserem perfeitamente nesta nova proposta da Secel, que une cultura e esporte. “O circo é arrebatador pela alegria, mas também pelo movimento corporal”, frisou. “Quanto mais oportunidade houver, mais pessoas virão para este local utilizá-lo de maneira lúdica e saudável”.

 

Essa diversidade artístico-cultural é o principal objetivo do Festival da Identidade Mato-grossense (Fimato), lançado na noite de sábado. A iniciativa pretende disseminar, entre as diferentes regiões do Estado, a produção artística e cultural local, contribuindo para a ampliação do acesso aos bens culturais. “Queremos dar visibilidade para a cultura do estado e o Festival vai permitir este intercâmbio. Esta ampla programação será realizada em diversos municípios e inclui espetáculos artísticos, exposição de artes visuais, feira literária, mostra de cinema e oficinas”, explicou Leandro Carvalho, titular da Secel. 

 

 

 

Da Redação

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário