11/06/2015 - Alunos do Programa Senac de Gratuidade recebem certificados em São Félix do Araguaia

11/06/2015 - Alunos do Programa Senac de Gratuidade recebem certificados em São Félix do Araguaia

Na noite desta terça-feira (09), no Centro de Convivência da Melhor Idade, foram entregues aos alunos do curso de recepcionista e auxiliar administrativo, o certificado de conclusão de curso. O projeto, foi promovido pela Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social de São Félix do Araguaia, em parceria com o Senac – MT, através do Programa Senac de Gratuidade (PSG).

O programa beneficiou os moradores de São Félix do Araguaia, com qualificação e capacitação técnica, preparando os alunos para o mercado de trabalho. Para a aluna, Wilma Rodrigues, o aprendizado que recebeu foi muito importante. “Tenho 11 anos, de trabalho na prefeitura, e reconheço que no mercado de trabalho, precisamos sempre reciclar, e o curso foi a melhor coisa que aconteceu, irei levar para o resto da vida, pois temos que colocar em prática tudo que aprendemos e assim, contribuir para a sociedade”, afirma.

 Para a aluna, Eslaine Rodrigues Aguiar, a escolha dos professores foi excelente. “Eles contribuíram muito para o nosso conhecimento, são pessoas realmente qualificadas, e quero também, agradecer a administração por proporcionar estes cursos à população”.

De acordo, com a orientadora pedagógica do Senac, Marianny Simon, a Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social, apoiou de imediato o projeto, e a proposta é que, em breve irão ser abertas novas vagas e ofertados novos cursos.

Orientadora Pedagógica, Marianny Simon

 

O Programa

O Programa Senac de Gratuidade, também conhecido como PSG, é mais uma ação da instituição para promover a inclusão social. O PSG oferece, a partir de 2009, vagas gratuitas em cursos de educação profissional, da Formação Inicial ao Nível Técnico, com custo zero à população brasileira de baixa renda.

Quem pode participar do programa?

O PSG foi criado para atender às necessidades da população de baixa renda. Ou seja, pessoas cuja renda familiar mensal por pessoa não ultrapasse dois salários mínimos - a referência é o salário mínimo federal. Os candidatos a essas vagas devem ser alunos que estejam cursando, ou já tenham concluído, a educação básica e trabalhadores empregados ou desempregados. É importante dizer que os que atenderem as duas condições - aluno e trabalhador - terão prioridade.

 

 

 

Departamento de Comunicação - PMSFA

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário