11/07/2014 - Riva deve intensificar campanha no interior e tem apoio de 70 prefeitos

Sem nenhum partido com expressividade em sua chapa, o candidato ao Palácio Paiaguás, deputado estadual José Riva (PSD), tem buscado respaldo nas bases do interior. Até o momento, cerca de 70 prefeitos, inclusive de outras siglas, já teriam manifestado apoio ao projeto político composto pelo PSD, PTC, PTN, PEN, PRTB e Solidariedade. A informação é do candidato a senador pelo grupo, Rui Prado (PSD). “Temos muita capilaridade, estaremos em todos os lugares”, afirma.

 

Embora o planejamento da campanha ainda esteja sendo discutido, Prado adianta que a coligação Viva Mato Grosso terá estrutura em todas as bases municipais. A estratégia tende a reforçar ainda mais o título de municipalista de Riva, mas também pode provocar a ira de lideranças partidárias que integram, por exemplo, as chapas de Lúdio Cabral (PT) e Pedro Taques (PDT), concorrentes ao Governo. Desta forma, alguns gestores municipais podem ser “enquadrados” no decorrer do processo eleitoral, inclusive na lei da Fidelidade Partidária, podendo receber ameaças de expulsão das legendas. 

 

Em entrevista ao Rdnews, Rui Prado explica que o registro de candidatura do grupo está em dia com a Justiça Eleitoral. Acontece que o Ministério Público Eleitoral investiga se há irregularidades nas atas de convenção que oficializaram as candidaturas de Riva e Lúdio, tendo em vista que os candidatos a vice-governador de ambos foram anunciados à imprensa apenas após o ato partidário.

 

Quanto à situação, Prado esclarece que tudo ocorreu dentro dos prazos legais e que não houve decisões depois das convenções. “O que tem muito na política são conversas e foi isso que aconteceu”. O ex-presidente da Famato também sai em defesa de José Riva em relação aos processos que o cacique do PSD responde na Justiça e assegura que acredita na solução judicial. “Riva conhece bem Mato Grosso, está na Assembleia há anos e pode promover as mudanças que o Estado precisa”.  Rui ainda diz acreditar que eleitor está muito politizado e fará análise sobre o assunto. “Os fatos estão postos e contra fatos não há argumentos”, conclui.

 

 

Camila Cecílio

 

Comentários

Data: 12/07/2014

De: uiy

Assunto: hui

a cadeia espera por ele.

Data: 11/07/2014

De: elpide

Assunto: eleiçao

esse e forte com certeza vai vencer.campeão de votos...

Data: 11/07/2014

De: ELEITOR

Assunto: XXXXXXXXXXXXXXXXX

XXXXXXXXXXXXXXXXX

Novo comentário