11/08/2011 - 08h:30 Servidores do Detran desrespeitam decisão judicial e seguem em greve

 

Mesmo depois de uma decisão judicial que determinou a suspensão da greve dos servidores do Detran-MT, por considerar a paralisação ilegal já que os trabalhadores não estavam mantendo em funcionamento nem mesmo os 30% previsto em lei, eles ainda não voltaram ao trabalho e continuam descumprindo a determinação da justiça.

O vice-presidente do sindicato dos servidores da autarquia, Leandro Brito, disse que o sindicato já entrou com um agravo de instrumento para derrubar a decisão judicial, e afirma que os 30% dos serviços estão sendo mantidos sim.

Pela decisão caso a categoria não retome as atividades, está sujeita à pena de ter que pagar uma multa diária de R$ 20 mil em caso de descumprimento. O desembargador Rui Ramos Ribeiro, disse que sua decisão se deveu ao fato dos servidores não cumpriram o acordo que previa a permanência de 30% dos servidores em todas as agências do Detran e do Ciretran para atender a população.

Conforme o TJ-MT, este acordo havia sido firmado entre o Detran e o sindicato dos servidores do órgão. “Assim restou configurado o descumprimento do acordado entre as partes, podendo caracterizar abuso do direito de greve, consequentemente, violação ao artigo 14 da citada Lei”, ressaltou o desembargador que deu a decisão.

Os servidores do Detran-MT reivindicam melhorias salariais e estão com as atividades paralisadas desde o dia 27 de julho. De acordo com o sindicato da classe, os salários de nível médio e superior são de R$1.252 e R$ 2.994, respectivamente. A categoria pede que os salários sejam reajustados para R$ 2.052 e R$ 4.352. O governo havia feito uma proposta de um aumento de 4,86% neste ano e um pagamento fracionado de 10% por três anos, no entanto os servidores do órgão não aceitaram a proposta.

Na manhã desta quinta-feira (11) os servidores voltam a se reunir com deputados estaduais e governo, na sede da Secretaria de Estado de Administração. A categoria afirma que se o governo aceitar equiparar o salário dela com o das demais autarquias no ano que vem, a greve será encerrada.

 

Da Redação - Laura Petraglia

 

Comentários

Data: 13/08/2011

De: Valmirá Amancio de Souza

Assunto: Falta de respeito

Eu acho a falta de respeito
do governo e uma grande palhaçada, porque é um direito constitucional de qualquer trabalhador. E porque o governo tem dinheiro pra copa, que somente será um mês, e não tem para os servidores que protege o estado antes e depois da copa? acorda governador a população está de olho...

Novo comentário

OS COMENTÁRIOS É DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS INTERNAUTAS QUE O INSERIR. O REPÓRTER DO ARAGUAIA ONLINE RESERVA-SE O DIREITO DE NÃO PUBLICAR MENSAGENS COM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO, PUBLICIDADE, CALÚNIA, INJÚRIA, DIFAMAÇÃO OU QUALQUER CONDUTA QUE POSSA SER CONSIDERADA CRIMINOSA. OS COMENTÁRIOS QUE CONTER NOS ITENS CITADOS ACIMA SERÃO EXCLUÍDOS. TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO ARQUIVADOS ATRAVÉS DO IP E SERVIRÃO DE PROVAS CONTRA AQUELE QUE USAR ESTE MEIO DE COMUNICAÇÃO.