11/08/2015 - Delegado diz que menores são "violentos" e batiam nas vítimas

11/08/2015 - Delegado diz que menores são "violentos" e batiam nas vítimas

O delegado Marcelo Carvalho, da Delegacia de Roubos e Furtos de Sinop,  afirmou que o menor que assassinou o tenente-coronel da Polícia Militar, Helton Vagner Martins, de 39 anos, tem várias passagens por roubos.

Ele também disse que os menores, que integram uma quadrilha, que participaram da execução são "violentos". 

“Esse menor de idade, que atirou, é conhecido, e tem várias passagens por roubos. Esses adolescentes são violentos, nos outros assaltos eles batiam nas vítimas”, afirmou. 

Em um dos assaltos, segundo o delegado, os menores chegaram a quebrar a costela de uma das vítimas. 

O policial foi alvejado com quatro tiros, na noite de sábado (08), em sua residência, no bairro Maringá, em Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá). 

Ele foi levado ainda com vida ao Hospital Regional, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no início da madrugada do domingo.

De acordo com o delegado, o menor assassino afirmou que não sabia que a residência era de um oficial da Polícia Militar. 

O menor foi detido junto com outros dois adolescentes, com idades entre 16 e 17 anos, em residências de familiares e amigos. 

Um quarto assaltante, de 23 anos, também foi preso suspeito de participar do crime como motorista da quadrilha.

Versão

O delegado Marcelo Carvalho tomou o depoimento do "matador".

“Durante a procura de objetos de valores na casa, um deles encontrou um boné da PM e mandou o menor ir tirar satisfação com o tenente. Nesse momento, segundo o menor, o policial teria tentado desarmá-lo. Foi quando ele atirou e a esposa dele teria entrado no meio, e também foi atingida com os disparos”, disse o delegado. 

A esposa do PM, foi baleada três vezes e segue internada em um hospital da cidade. 

O delegado disse que essa é apenas a versão do acusado. Ele ainda deve ouvir nessa semana, os policiais que atenderam a ocorrência, a esposa do militar, além dos filhos do casal.

Os três adolescentes já foram apresentados ao Ministério Público Estadual (MPE) e devem ser transferidos para unidades socioeducativas do Estado. 

O adulto foi encaminhado para a Penitenciária Osvaldo Florentino Leite (Ferrugem), em Sinop.

O caso

O tenente-coronel foi abordado na porta de casa, por volta das 19h30 de sábado, quando lavava o carro. 

Antes disso, os bandidos já haviam passado três vezes pela frente da residência. Na quarta vez, eles decidiram efetuar o roubo e renderam o tenente, a esposa, os dois filhos do casal e uma sobrinha deles. 

As vítimas foram trancadas em um quarto da casa. Após o menor  atirar contra as vítimas,  os  criminosos fugiram a pé, sem levar nada. 

Enterro 

O corpo do tenente Helton Wagner Martins foi velado nesta manhã na capela das Tulipas, na Funerária Jardins, na Capital.

O enterro ocorreu às 14h30, no cemitério Parque Bom Jesus de Cuiabá. 

Ele atuava há 7 anos em Sinop e tinha 22 anos de carreira na Polícia Militar de Mato Grosso. 

 

 

Thaiza Assunção 
Da Redação

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário