11/08/2016 - Julier se coloca como "novo" e lembra que adversários são os mesmos candidatos da eleição de 2000

11/08/2016 - Julier se coloca como "novo" e lembra que adversários são os mesmos candidatos da eleição de 2000

A única ausência este ano é a de Roberto França (hoje sem partido, na época candidato pelo PSDB), que naquela época foi reeleito prefeito da capital no primeiro turno com 137 mil votos. Estão novamente no páreo Wilson Santos (PSDB), Emanuel Pinheiro (PMDB) e Serys Marli Slhessarenko (PRB).

“Meus adversários vêm na política desde o século XX. Em 2000, eram os mesmos candidatos de hoje. Naquele ano, tínhamos Wilson Santos concorrendo pelo PMDB, Emanuel Pinheiro pelo PFL e Serys pelo PT. Saiu apenas o França. Hoje, o único novo somos nós”, afirmou Julier para o Olhar Direto.

Em 2000, a então petista Serys foi a segunda colocada na disputa, com 62 mil votos. O então peemedebista Wilson Santos ficou em terceiro, com 16 mil votos. O último lugar coube a Emanuel Pinheiro, com pífios 3 mil votos. Na eleição seguinte, em 2004, Wilson acabou se elegendo, e se reelegendo em 2008. Serys e Pinheiro, por outro lado, só voltaram a tentar a prefeitura novamente este ano. Nesse intervalo, ela foi senadora e ele foi deputado estadual.

Julier deixou a toga de juiz federal em 2014 para disputar o governo estadual. “Fritado” pelo PMDB, sigla à qual se filiou para aquele pleito, ele acabou migrando para o PDT este ano, com foco na Prefeitura da Capital. Além de Julier e dos candidatos do ano 2000, os outros dois candidatos no pleito deste ano são Renato Santana (REDE) e Procurador Mauro (PSOL). Este tenta pela terceira vez a Prefeitura de Cuiabá, já tendo sido candidato em 2008 e 2012.

 

 

 

Da Redação - Laíse Lucatelli

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário