11/09/2015 - Várzea Grande: Filho de vereador e funcionário de prefeitura é preso por falsificar diploma

11/09/2015 - Várzea Grande: Filho de vereador e funcionário de prefeitura é preso por falsificar diploma

Joilton da Silva Gusmão, filho do vereador por Várzea Grande, Hilton Gusmão (Pros), foi preso em flagrante nesta quinta-feira (10) acusado de atuar ilegalmente como dentista no posto de saúde Manaíra, em Várzea Grande. A prisão do acusado que é servidor público na gestão da prefeita Lucimar Campos (DEM), foi efetuada durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão pela Delegacia Especializada de Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (Defaz). A ação, segundo a Polícia Civil, tinha o objetivo de apurar irregularidades na contratação de Joilton.

Ele foi preso no momento em que fazia atendimento do Posto de Saúde. Durante cumprimento de mandados de busca e apreensão na residência do suspeito foram apreendidos os documentos falsificados de “conclusão de curso” e “histórico escolar”. Em buscas na Secretaria de Administração e Saúde, da Prefeitura Municipal de Várzea Grande, foi apreendido o processo de contratação do suspeito, mas a documentação estava incompleta, informa a Polícia Civil.

De acordo com a delegada, Cleibe Aparecida de Paula, o certificado de conclusão de curso superior, vinculado a Universidade de Cuiabá (Unic), é uma imitação grosseira, sendo confirmada a falsificação pela instituição de ensino. “Nas bases de dados da universidade não constava o nome do suspeito como aluno regularmente matriculado, bem como não havia registros nas disciplinas componentes da grade curricular da Faculdade de Odontologia”, disse a delegada.

O inquérito foi instaurado pelas práticas de crimes de falsificação de documento particular, uso de documento falso e exercício irregular da profissão de odontologia. Joilton Gusmão apresentou certificado de conclusão do curso de Odontologia falso junto ao Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO-MT, para conseguir obter o registro profissional. O próprio CRO denunciou o acusado à Polícia. Outros dois filhos do vereador ocupam cargos na Prefeitura de Várzea Grande: Jhonatan da Silva Gusmão e Joselaine da Silva Gusmão.

A ação faz parte na operação da Segurança Pública "Karcharias", deflagrada pela Polícia Civil para combater crimes de corrupção, contra a administração pública e tributários.

Apoio político
Lucimar Campos assumiu a prefeitura de Várzea Grande no dia 7 de maio após a cassação de Walace Guimarães por prática de caixa 2 e compra de votos nas eleições de 2012. O vereador Hilton Gusmão sempre foi da base de apoio da democrata. Na campanha de 2012 ele era filiado ao Partido Verde (PV) e apoiou a coligação da então candidata.

Em julho deste ano, outro filho do vereador, Jhonatan da Silva Gusmão foi nomeado por Lucimar para ocupar o cargo de coordenador (DNS 4) na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, Econômico e Turismo.

Outro lado 
O vereador foi procurado pelo Gazeta Digital para comentar a prisão do filho bem com a acusação de falsificar documentos, mas não atendeu as ligações.

Em nota, a prefeita Lucimar Campos diz está colaborando irrestritamente com a investigação da Defaz sob a suspeita de exercício irregular de profissão dos contratados Joilton da Silva Gusmão e Joselaine da Silva Gusmão. Informa que entregou todos os documentos que foram apresentados pelos contratados, para que a Polícia Civil tome as medidas necessárias para a averiguação da sua regularidade.

Diz ainda que determinou o afastamento de Joilton e Joselaine bem como a suspensão dos contratos. Também vai abrir Processos Administrativos Disciplinares para a averiguação, em conjunto com a investigação da Polícia Civil, se houve a falsificação de qualquer documento que comprove exercício irregular de profissão, ligada à área da saúde, por parte dos contratados.

 

 

 

Welington Sabino

Gazeta Digital

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário