11/11/2014 - Operação em Vila Rica prende traficantes e apreende drogas e dinheiro

Três pessoas foram presas pela Polícia Judiciária Civil na região do Araguaia, na operação "Nova Vila", deflagrada pela Delegacia de Vila Rica. A operação começou na sexta-feira (07.11) e se estendeu até o fim de semana, com o objetivo de reprimir o tráfico de drogas e a exploração de adolescentes na cidade.

A operação é realizada pela Polícia Civil de Vila Rica, sob a coordenação do delegado Gutemberg de Lucena Almeida, em conjunto com a Polícia Militar, sob o comando do tenente Jefferson Mascarenhas do Nascimento, com apoio do Conselho Tutelar.

Na noite de noite de sexta-feira, foi preso Leandro Silva Teixeira, 25, conhecido traficante da região foi abordado no bairro Vila Nova e durante a revista nenhuma droga foi encontrada com ele. Porém, três usuários alegaram ter comprado ‘crack’ dele momento antes, caracterizando o crime de tráfico. "O telefone celular de Leandro foi requisitado durante toda a noite, por usuários interessados em comprar ‘crack’. Ele age de maneira dissimulada, escondendo a droga em locais estratégicos para entregar a granel a cada usuário, especialmente aos finais de semana, nas festas realizadas no estabelecimento denominado Diniz Bar", disse o delegado.

No sábado (08), policiais civis de Santa Cruz do Xingu efetuaram a prisão de Neurilio Gomes da Silva, 28, Flavio Costa da Silva, 21, conhecido por Japonês, que segundo as investigações é outro traficante conhecido em Vila Rica. Ele foi preso após os investigadores receber informação de que ele se deslocava de Vila Rica para Santa Cruz levando droga na companhia de Neurilio.

Foram apreendidas 280 gramas de maconha e ‘crack’, além de dinheiro, cheques e aparelhos celulares. O flagrante foi lavrado Vila Rica.

Na operação, adolescentes desacompanhados dos pais que se encontravam na rua foram encaminhados pelo Conselho Tutelar e entregues aos responsáveis.

Participaram das prisões, além do delegado Gutemberg de Lucena Almeida, os investigadores Edenir Paulista Santos, Neide Dalva Bernardes, Flavio Ornelas e Augusto Renato Magri, Leomar Ferreira dos Santos e Ricardo Rodrigues de Almeida.

 

 

PJC-MT

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário