11/11/2015 - Produtores de soja de Mato Grosso deverão atualizar o Cadastro pela Internet

Considerando a importância da cultura da soja para a economia matogrossense, foi publicado no diário oficial do Estado do dia 30 de Setembro de 2015, a Instrução Normativa Conjunta SEDEC/INDEA-MT Nº 002/2015, modificando as medidas fitossanitárias para prevenção e controle da ferrugem asiática da soja no Estado de Mato Grosso. Dentre as principais mudanças temos: o plantio de soja só poderá ser realizado no período de 16 de setembro a 31 de dezembro de cada ano; não será permitido o plantio de soja segunda safra ou safrinha na mesma área; o prazo final para colheita de áreas cultivadas com soja é de 05 (cinco) de maio de cada ano.

Outra mudança importante prevista na instrução Normativa é sobre o cadastro de propriedades produtoras de soja. O cadastro continua sendo obrigatório e deverá ser atualizado anualmente. O INDEA-MT disponibilizou um sistema eletrônico e a partir desta safra 2015/2016 o produtor deverá acessar a internet para se cadastrar ou atualizar o seu cadastro. O produtor deverá acessarcadastro.indea.mt.gov.br ou www.indea.mt.gov.br --- defesa vegetal--- cadastro. Na página do cadastro na internet o INDEA-MT disponibilizou um manual de acesso ao sistema para ser baixado e usado pelo produtor sempre que surgir alguma dúvida no preenchimento do cadastro.

Excepcionalmente na safra 2015/2016 o produtor de soja poderá entregar o formulário de cadastro impresso na Unidade Local do INDEA-MT no município onde se localiza a propriedade, mas como os dados serão inseridos no sistema é necessário o produtor aguardar e fornecer todas as informações necessárias para que o servidor do INDEA-MT realize o cadastro, porque no primeiro acesso será gerada uma senha para que o próprio produtor possa acessar o sistema e atualizar ou cadastrar suas propriedades nas próximas safras.

O engº Agrônomo Edson Ramos do INDEA-MT salienta importância do sistema on-line, pois possibilitará ao produtor fazer o cadastro com mais comodidade, isso poderá ser feito na sua propriedade, em casa, à noite e nos finais de semana, sem a necessidade de ter que se deslocar até uma Unidade Local do INDEA-MT.

O Agrônomo Edson Ramos alerta que o prazo para cadastrar ou atualizar o cadastro de propriedades produtoras de soja termina no dia 15 de fevereiro, é bom ficar atento, pois findo este prazo o produtor que não atualizar o seu cadastro poderá ser autuado. O valor do Auto de Infração é de 10 UPF/MT (R$ 1.170,70) por área não cadastrada ou não atualizada.

 

 

 

Assessoria

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário