11/12/2014 - Suspeitos de roubos a bancos em vários estados são presos em Goiás

Quatro integrantes de uma quadrilha suspeita de cometer roubos a bancos em diversos estados foram presos na quarta-feira (10), em Goiânia. Segundo o Grupo de Radiopatrulha Aérea da Polícia Militar (Graer), em três meses, a quadrilha cometeu 20 explosões de caixas eletrônicos.

Os suspeitos estavam em duas casas do Setor Estrela Dalva. Em uma das residências a polícia encontrou armas e equipamentos enterrados. Um dos detidos, de 33 anos, é apontado como líder da quadrilha.

"Ele tem uma longa ficha criminal e é procurado em vários estados por esta prática, em Mato Grosso, Pará, Tocantins, Maranhão e a quadrilha dele resolveu migrar a Goiás para continuar com essa mesma modalidade de explosão a caixas eletrônicos", afirmou o capitão do Graer André Ribeiro Nunes.

Os policiais apreenderam em um dos imóveis, que era alugado, grande quantidade de munição, armas de uso exclusivo do Exército Brasileiro, máscaras e quatro veículos, entre eles uma caminhonete roubada.

Também foi encontrado com a quadrilha R$ 1,9 mil, a maior parte em notas de R$ 10. A polícia acredita que esta quantia seja parte do dinheiro roubado de caixas eletrônicos de uma agência bancária em Mozarlândia, no norte goiano, no dia 22 de novembro.

Na ocasião, os criminosos fizeram dez pessoas que estavam em um bar reféns e os levaram ao banco. Em seguida, a quadrilha explodiu caixas eletrônicos e obrigou as vítimas a auxiliarem no furto. Depois do crime, eles libertaram os reféns, que não ficaram feridos. O prédio da agência ficou totalmente destruído.

Os quatro suspeitos foram levados para a sede da Polícia Federal. Eles devem ser autuados pelos crimes de receptação, posse e porte ilegal de arma de fogo e munição, além de formação de quadrilha. Eles ainda serão investigados pelos assaltos a agências bancárias de Mozarlândia e Campinorte.

 

 

Escrito por G1 GO, com informações da TV Anhanguera

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário