11/12/2015 - Polícia Civil prende autor do triplo homicídio

O autor do triplo homicídio que vitimou uma família, em Poconé (104 km ao Sul), teve o mandado de prisão temporária cumprido, na manhã desta quinta-feira (10.12), em ação da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), Delegacia da Polícia Civil de Poconé, Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), com apoio das Delegacias Regionais de Cuiabá e Várzea Grande.

Os delegados Guilherme de Carvalho Bertoli, Olimpio da Cunha Fernandes Junior, Fausto José Freitas da Silva e o delegado geral Adriano Peralta Moraes, prestarão maiores informações às 11 horas, após interrogatório do preso. A entrevista será realizada na sede do GCCO, na Rua Santiago n. 115, bairro Jardim das Américas

Apontado como autor do crime, Arnaldo Henrique de Souza, foi preso na comunidade 120, na zona rural de Poconé, onde trabalha e tem uma fazenda de crianção de gado. Segundo a Polícia, o crime foi motivado após o acusado receber a informação de que a vítima Paulo César de Moraes Filho furtaria a sua fazenda.

Na propriedade do suspeito, foram apreendidas 3 armas de fogo, sendo 1 carabina, calibre 22, 1 revólver, calibre 38, e uma espingarda modificada para calibre 22, que possivelmente foram utilizadas no crime.

As vítimas Paulo César de Moraes Filho, 25, sua mulher Roseiman Pereira Leite, 27, e a filha do casal de apenas cinco anos foram mortas, no dia 7 de novembro, por disparos de arma de fogo, dentro de casa, na comunidade 120, zona rural de Poconé.

Conforme o boletim de ocorrência, a criança de 5 anos foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada ao Pronto Socorro de Cáceres, mas não resistiu e foi a óbito. A vítima, Paulo César, foi alvejada por três disparos de arma de fogo e encontrada caída na sala da residência. Sua esposa, Roseinan, foi encontrada sem vida caída no quarto da casa, com aproximadamente seis disparos.

 

 

 

Assessoria/PJC-MT

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário