12/02/2016 - São Félix do Xingu no Pará tem o primeiro Plano ABC municipal do país

A parceria entre a prefeitura e a TNC já resultou na criação de 15 unidades demonstrativas do ABC, voltadas à pecuária, e três em áreas de cultivo de cacau. Segundo Fonseca, a proposta é fazer com que os produtores do município visitem esses locais para conhecer as tecnologias da política pública. “Queremos sensibilizá-los para que venham a desenvolver a agricultura de baixo carbono”, reforça o coordena dor da ONG.  Atualmente, São Félix tem 6 mil agropecuaristas registrados no Cadastro Ambiental Rural (CAR). Um contingente de cerca de 10 mil pequenos produtos está fora do CAR.

A proposta é levar aos produtores do município, por intermédio do ABC, assistência técnica, capacitação e acesso ao crédito das tecnologias sustentáveis, reforça Fonseca. O plano nacional é estruturado em seis ações: recuperação de pastagens degradadas; integração lavoura-pecuária-floresta (iLPF), sistema plantio direto (SPD), fixação biológica de nitrogênio (FBN), florestas plantadas (FP)  e tratamento de dejetos animais. As linhas de crédito para essas atividades são disponibilizadas por meio do Programa ABC – braço executivo da política pública federal.

De setembro de 2011 para cá, 26.357 produtores de todo país já aderiam a alguma das seis tecnologias do ABC, informa Elvison Ramos. Nesse período, acrescenta, foram capacitadas 31.406 pessoas (70% técnicos, 20% produtores e 10% estudantes).

O plano também contabiliza a recuperação de 3 milhões de hectares de pastagens degradadas, a integração lavoura-pecuária-floresta de 451,8 mil hectares, o plantio direto em 2,8 milhões de hectares e uma área de 1,5 milhão de florestas plantadas.

 

 

RD NEWS

Comentários

Data: 20/02/2016

De: Negociando Empresas

Assunto: Negociando Empresas

Quer comprar ou vender uima Empresa?
www.negociandoempresas.com.br
Quanto vale uma Empresa?
Avalie www.avaliandoempresas.com.br

Novo comentário