12/03/2015 - FETAGRI-MT e SECITEC irão firmar parceria para abrir quase 3 mil vagas de cursos de qualificação em Mato Grosso

12/03/2015 - FETAGRI-MT e SECITEC irão firmar parceria para abrir quase 3 mil vagas de cursos de qualificação em Mato Grosso

Quase três mil vagas de cursos de qualificação devem ser abertas em Mato Grosso com o acordo de cooperação técnica que será firmado entre a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Mato Grosso (FETAGRI-MT) e a Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia (SECITEC).

O presidente da Fetagri, Nilton José de Macedo, os diretores e Ana Cleide (Formação e Organização Sindical), Orlando Nicolotti (Meio Ambiente) e José Aparecido (Políticas Sociais), juntamente com o coordenador de Projetos e Convênios, Joilson dos Reis, se reuniram nesta segunda-feira (09.03) com o secretário adjunto da Secitec, Aluízio Leite, com objetivo de alinhar as ações para concretizar a parceria.

A expectativa é de abrir, no total, 2800 vagas, divididas em 90 turmas de 15 diferentes cursos, em todas regiões de Mato Grosso.

Aluízio frisou a importância da parceria com a federação. “Queremos a Fetagri junto com a Secitec, para podermos levar ensino de qualidade até a ponta, até a base. Teremos uma grande estrutura para poder qualificar a grande demanda do público rural”, disse.

O assessor técnico da Secitec, Emerson Toledo de Santana, participou da reunião e afirmou que o desafio é grande, mas as duas instituições [Fetagri e Secitec] têm totais condições de atender o público rural.

Nilton lembrou da necessidade de levar desenvolvimento e fomentar a qualificação para o campo. “Temos que incentivar os moradores da zona rural a ficar no campo, mas para isso precisam ser qualificados e capacitados para desenvolver suas atividades. Os cursos tem que ser desenvolvidos de acordo com as condições do nosso público, para que realmente venha beneficiar quem precisa”, destacou o presidente.

Conforme o coordenador de Projetos da Fetagri, Joilson dos Reis, o acordo de cooperação técnica deve contar com a participação efetiva dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais e ainda com a parceria das Administrações Municipais. “Nós iremos contar com a ajuda dos prefeitos na base. Alguns sindicatos têm estrutura, mas onde não tiver, a prefeitura será uma grande parceira”.

Além das oportunidades de qualificação, os cursos abrirão oportunidades de empregos para professores que irão ministrar as aulas.

Entre os cursos que serão ofertados estão bovinocultor de leite e corte, criador de peixes em viveiro e tanque, agricultor orgânico, agende de desenvolvimento cooperativista, auxiliar em agropecuária e piscicultor.

 

 

 

 

 

 

 

 

Escrito por Wallace Dutra

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário