12/05/2011 - 15h:10 35 anos de São Félix: "Aqui pra mim é tudo"

Olhos brilhantes e sorriso largo. É esse o semblante de João de Abreu ao falar de sua paixão por São Félix do Araguaia, a cerca 1.1150 km de Cuiabá e que completa 35 anos de emancipação política amanhã (13/05). Empresário do ramo de hotelaria, João de Abreu foi prefeito da cidade de 2005 a 2008.

Seu pai, Sandoval Abreu Luz, levou 30 dias para chegar de canoa em São Félix, décadas atrás. Veio de Conceição do Araguaia, no Pará, a convite do primo Lúcio da Luz, fundador de Luciara, e trouxe consigo a esposa Silvana Mendes Luz e três filhos. João já nasceu em São Félix. no Araguaia.


"Naquela época o perigo era enfrentar os índios Xavantes", conta João de Abreu, lembrando que um de seus primos chegou a ser assassinado e outro levado para um aldeia no Xingu, onde passou seis anos sem contato com a família.

João fala lembra das dificuldades, já como prefeito da cidade, mas também se orgulha dos benefícios que conquistou ocupando o cargo. Construiu a Escola Kaiaby na aldeia, a feira da cidade, o novo hospital de São Félix (que ainda vai ser inaugurado), quatro novos bairros foram criados, além de três assentamentos, que são o Zeca da Doca, Tia Irene e Vila Matrinchã. "Concluímos um conjunto habitacional, com água, energia e asfalto", relata João Abreu, que também levou para São Félix a Universidade Aberta, dois colégios, o escritório de saúde e levou água para o assentamento Gleba Mãe Maria, setores Imbúe Frandú.

Para Pontinópolis, levou água encanada e kit sanitário a todas as casas, local também contemplado com o luz para todos. João de Abreu não pensa atualmente em retornar para a política. Perguntado sobre o que São Félix representa para sua vida, responde emocionado: "São Félix é tudo na minha vida,embora fique muito longe da nossa capital. É uma cidade tranquila, onde temos um por do sol maravilho.Todos os dias acordamos de frente para a Ilha do Bananal, para esse paraíso. (com Vanessa Lima, de O Repórter do Araguaia

 

Sandra Carvalho, de São Félix do Araguaia

 

João de Abreu: "Meu pai levou 30 dias par  chegar de canoa
em São Félix, décadas atrás (Foto: Sandra Carvalho)

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário