12/06/2012 - Advogado é detido por passar droga e aguardente para presidiário em MT

Um advogado identificado apenas como Eduardo foi detido pela Polícia Militar suspeito de passar drogas e duas garrafas de cachaça para o cliente dele, um presidiário da Penitenciária da Mata Grande, em Rondonópolis.

Os policiais militares do Corpo de Guardas suspeitaram do profissional que saiu apressado da unidade prisional. Ao abordarem o detento, os PMs encontraram porções de entorpecentes e a bebida alcoólica. 

 

De Rondonópolis - Débora Siqueira

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário