12/08/2011 – 08h:20 Justiça decreta sigilo nas investigações do jornalista Auro Ida

As investigações da morte do jornalista Auro Ida, 53, correrão em segredo de justiça. A Juíza da Primeira Vara Criminal da Capital, Mônica Perri, decretou, na tarde desta quinta-feira (11.08), o sigilo nas apurações da morte do jornalista, ocorrida no dia 21 de julho, no bairro Jardim Fortaleza, em Cuiabá. Auro foi assassinado com seis tiros.

 

As investigações são realizadas pela Delegacia Especializada de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), da Polícia Judiciária Civil.

 

Assessoria/PJC-MT

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

OS COMENTÁRIOS É DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS INTERNAUTAS QUE O INSERIR. O REPÓRTER DO ARAGUAIA ONLINE RESERVA-SE O DIREITO DE NÃO PUBLICAR MENSAGENS COM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO, PUBLICIDADE, CALÚNIA, INJÚRIA, DIFAMAÇÃO OU QUALQUER CONDUTA QUE POSSA SER CONSIDERADA CRIMINOSA. OS COMENTÁRIOS QUE CONTER NOS ITENS CITADOS ACIMA SERÃO EXCLUÍDOS. TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO ARQUIVADOS ATRAVÉS DO IP E SERVIRÃO DE PROVAS CONTRA AQUELE QUE USAR ESTE MEIO DE COMUNICAÇÃO.