12/08/2014 - Nasce o núcleo Aprosoja Araguaia-Xingu

Considerado a região de maior expansão da cultura da soja em Mato Grosso, o Leste do estado ganha mais um núcleo de produtores associados à Aprosoja-MT. Na última reunião de Diretoria da associação, foi aprovada a criação do Núcleo Araguaia-Xingu. Com sede no município de Porto Alegre do Norte, o núcleo abrange oito cidades produtoras de soja e milho.

“Atendemos a uma demanda dos próprios produtores, que veem a necessidade da presença da Aprosoja-MT na região”, explica o Diretor Técnico, Nery Ribas. Por dois anos, o núcleo continua agregado ao núcleo de Querência até adquirir o status para se tornar núcleo autônomo.

O critério mais importante para tal é a participação dos produtores nas ações de mobilização e orientação da associação. “Agora, os produtores precisam se mobilizar. Uma das metas é participar de pelo menos duas assembleias por ano em Cuiabá, além de reuniões mensais e outros eventos da associação em sua região”, cita Nery.

Atualmente, a Aprosoja-MT conta com 22 núcleos de produtores. A região abrangida pelo núcleo Araguaia-Xingu atinge os municípios de São José do Xingu, Santa Cruz do Xingu, Vila Rica, Canabrava do Norte, Confresa, Porto Alegre do Norte, São Félix do Araguaia, Alto Boa Vista e Bom Jesus do Araguaia, que somam cerca de 300 mil hectares de área plantada com soja. O município de maior representatividade é São Félix do Araguaia, com aproximadamente 130 mil hectares.

 

Escrito por Camila Bini

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário