12/08/2016 - Mulher de enfermeiro é presa por omissão de socorro

12/08/2016 - Mulher de enfermeiro é presa por omissão de socorro

A Polícia Civil prendeu na tarde de quarta-feira (10/8) a dona de casa Jucelia Alves dos Santos, na cidade de Aragarças-GO na divisa com Mato Grosso. Ela morava com o enfermeiro Leonídio Borges Leal, que faleceu em outubro de 2015 por causa de uma lesão na cabeça após ficar alguns dias internado em Cuiabá.

Na época, a polícia apurou que Leonídio teria caído e batido a cabeça no chão todavia teria ocorrido uma omissão de socorro e maus tratos por parte da dona de casa que demorou em levar o enfermeiro até o hospital. Jucélia nega que teve qualquer intenção de prejudicar a vítima e disse durante as perícias que estaria sendo pressionada pela família de Leonídio. Os parentes do enfermeiro não quiseram se manifestar mas acreditam que a justiça está sendo feita.

Leonídio era um dos enfermeiros mais conhecidos no Vale do Araguaia. Formado pela UFMT acompanhou a implantação do Programa Saúde da Família em Barra do Garças e atuava também junto a saúde indígena. Ele foi enterrado após homenagens da família maçônica do Araguaia. 

A investigação foi realizada pelo delegado Ricardo Galvão e a prisão decretada pelo juiz Samuel João Martins após acolher parecer do Ministério Público. 

 

 

PJC/GO

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário