12/08/2017 - Profissionais da Educação de Santa Terezinha paralisaram suas atividades

Os profissionais da Educação de Santa Terezinha/MT entraram em paralisação neste dia 10 de agosto até que a administração municipal determine datas para o cumprimento das reivindicações apresentadas pela categoria.

Os profissionais realizaram uma manifestação hoje pela manhã pelas ruas principais da cidade, expondo faixas e cartazes. Após a manifestação houve conversa de membros do sindicato, professores e vereadores.

O SINTEP/MT, subsede de Santa Terezinha encaminhou à prefeitura as seguintes reivindicações:

→ Reenquadramento dos Profissionais da Educação

→ Pagamento das horas excedentes dos motoristas

→ Pagamento da Correção Salarial/RGA

→ Melhorar e otimizar as rotas do transporte escolar

→ Climatização das unidades escolares

Segundo o presidente do Sindicato professor Rony, a categoria também exige a nomeação imediata do novo Secretário de Educação, bem como os profissionais querem apenas que a administração municipal sente com a categoria para tratar das reivindicações e que a prefeitura dê garantias que as mesmas serão cumpridas.

De acordo com a Secretaria de Administração da Prefeitura, todas as reivindicações estão sendo atendidas e que a pauta já tinha sido discutida com o sindicato, o Conselho Municipal de Educação, presidente do FUNDEB, Secretaria de Administração e Secretaria de Educação, pautados no ofício nº 61 encaminhado ao SINTEP pela prefeitura ontem dia 9 de agosto.

Amanhã a Prefeitura publicará uma nota sobre a situação e sobre as reivindicações da categoria.

 

FONTE: Vip Araguaia/João Evilson

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário