12/09/200 - Especializada em tecnologia da informação quer investir em MT

Empresários portugueses apresentaram propostas ao mercado imobiliário e tecnológico ao presidente da AL

Empresários portugueses da empresa SP Global, sediada em São Paulo, se mostram interessados em desenvolver projetos para Mato Grosso. Eles estiveram nesta segunda-feira (12), na Assembleia Legislativa, para apresentar o que há de mais moderno e ambientalmente correto no mercado da tecnologia da informação e no ramo imobiliário, para contribuir com o crescimento pujante do estado.

 

Na reunião com o presidente José Riva e com o secretário de Ciência e Tecnologia, Eliene Lima, foi sugerida outra reunião ampliada com a participação do Governo do Estado, representantes da Agecopa, Sindicato das Indústrias da Construção do Estado de Mato Grosso - Sinduscon e Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Mato Grosso - Crea. Ainda hoje o grupo fará a mesma explanação ao governador Silval Barbosa.

 

Entre as inovações está o sistema de iluminação inteligente, que tem capacidade de reduzir o consumo de energia elétrica em até 60%, através da implantação de sensores e lâmpadas led na iluminação pública. Outra ferramenta que Mato Grosso poderá obter é a Certificação de Energia, que segundo o diretor Geral da SP Global, Julio Gouveia, melhora o rendimento e reduz a emissão de CO² na atmosfera, conforme exigência firmada no Protocolo de Kyotto, acordo internacional para controlar o aumento da temperatura do planeta, o chamado efeito estufa causado pela poluição.

 

 

O estado poderá ser o pioneiro nesse quesito, já que o ITED é um programa que só existe na Europa, mas que pode ser perfeitamente bem aproveitado em Mato Grosso, com a troca de lâmpadas tradicionais por led associadas ao sistema de automação. “Apresentamos soluções inovadoras inteligentes para o Brasil. Buscamos o que há de mais moderno em tecnologia da informação e no mercado imobiliário em prol do progresso equilibrado e sustentável”, garante o diretor.

A SP Global também garante suporte em sistema de fibra óptica; gestão; fiscalização e a coordenação de obras e montagem de negócios imobiliários.

 

O presidente Riva agradeceu a oferta dos serviços e destacou as necessidades de investimentos em diversos setores de Mato Grosso. “Mato Grosso passa por uma fase propícia para buscar melhorias e qualidade nos serviços, pois é o campeão na produção brasileira de grãos e a tendência é de se consolidar cada vez mais nessa área. O estado precisa começar a investir em tecnologia de ponta”, alertou Riva, ao citar a certificação de energia como muito importante para a preservação do meio ambiente.

Para ele, a Copa do Mundo de 2014 despertará o Brasil para sair do atraso, especialmente, na área tecnológica. “É uma oportunidade para atualizar e avançar”. Também disse que a energia renovável será a grande saída com a exploração da eólica e solar. Ele já solicitou ao Governo do Estado estudos técnicos sobre energia solar.

 

 

O resultado da pesquisa deverá resultar num projeto de lei para instituir a Política Estadual de Incentivo à Energia Solar, dando suporte adequado à instalação e manutenção de usinas e empresas produtoras de equipamentos solares, destinados à produção desse tipo de energia, que é renovável e considerada limpa por não agredir o meio ambiente. Na oportunidade, o parlamentar também destacou a necessidade de investimentos tecnológicos nos setores mineral, hídrico e de reflorestamento.

ITIMARA FIGUEIREDO

Assessoria da Presidência

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

OS COMENTÁRIOS É DE TOTAL RESPONSABILIDADE DOS INTERNAUTAS QUE O INSERIR. O REPÓRTER DO ARAGUAIA ONLINE RESERVA-SE O DIREITO DE NÃO PUBLICAR MENSAGENS COM PALAVRAS DE BAIXO CALÃO, PUBLICIDADE, CALÚNIA, INJÚRIA, DIFAMAÇÃO OU QUALQUER CONDUTA QUE POSSA SER CONSIDERADA CRIMINOSA. OS COMENTÁRIOS QUE CONTER NOS ITENS CITADOS ACIMA SERÃO EXCLUÍDOS. TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO ARQUIVADOS ATRAVÉS DO IP E SERVIRÃO DE PROVAS CONTRA AQUELE QUE USAR ESTE MEIO DE COMUNICAÇÃO.