12/09/2013 - Silval assina termo de outorga para receber R$ 330 milhões em investimentos para 13 aeroportos

O governador Silval Barbosa (PMDB) assinou nesta quarta-feira (11) um convênio de outorga com a Secretaria de Aviação Civil (SAC) da Presidência da República para habilitar 13 aeroportos regionais a receberem recursos para modernização e ampliação de suas estruturas físicas.

Não há previsão para liberação dos valores. A decisão cabe à presidência da república de acordo com o "Programa de Investimento em Logística: Aeroportos", a ser executado pela secretaria comandada pelo ministro Moreira Franco.

Estão previstos no orçamento da SAC o repasse de R$ 330 milhões para ampliação dos aeroportos de Juína, Juara, Pontes e Lacerda, Tangará da Serra, Nova Xavantina, Cáceres, São Félix do Araguaia, Vila Rica, Rondonópolis, Matupá, Diamantino, Alta Floresta e Barra do Garças.

“Após a realização dos investimentos, o aeroporto de Rondonópolis será classificado como Padrão A, o mesmo que o do aeroporto de Várzea Grande, para receber aeronaves de médio e grande porte”, garantiu o secretário de Transportes, Cinézio Nunes de Oliveira.

Já os terminais de Alta Floresta, Sinop, Barra do Garças serão modernizados para atender a demandas de voos nacionais. Os demais aeroportos, com menor porte, serão autorizados a receber voos regionais regulares.

Os 13 aeroportos regionais de Mato Grosso fazem parte de um pacote de 47 que a SAC quer aparelhar em um primeiro momento. No total, existem 270 terminais no país que receberão investimentos federais.

“Com distâncias tão grandes, é necessário que estes investimentos sejam feitos em Mato Grosso para possibilitar melhores deslocamentos e novos negócios”, afirmou o ministro ao final do encontro.

Lançado no fim do ano passado, o programa que tem como meta melhorar a infraestrutura e a qualidade dos serviços aeroportuários no Brasil já engloba 13 cidades matogrossenses.

Participaram também da reunião o deputado federal Wellington Fagundes (PR-MT), a deputada estadual Teté Bezerra (PMDB), o secretário estadual de Turismo, Jairo Pradela, e o secretário do Escritório de Representação do Estado em Brasília, Éder Moraes.

 

De Brasília – Vinícius Tavares

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário