12/09/2014 - Português mata esposa e se suicida, em Primavera do Leste

Na manhã de quinta-feira (11), foram encontrados os corpos de Noracy Gomes Barbosa de 42 anos  e José Paulo Magalhães Veloso de 49 anos, a informação que se tem até o momento é que trata-se de um homicídio seguido de suicídio cometido por José Paulo Veloso.

Segundo informações o casal morava na cidade há pouco mais de um ano. Ele era engenheiro civil, natural de Lisboa Portugual e ela registrada em Primavera do Leste, ele teria desferido facadas contra a esposa e depois se matado utilizando a mesma faca. De acordo com vizinhos o casal aparentemente tinha uma vida normal. José Gomes seria um marido ciumento e, recentemente, estariam com relativa dificuldade no casamento. Tanto que Noracy chegou a comentar com amigas, que pensava em se separar do marido. Os dois moravam em um salão localizado na Rua Vitória Régia, no Jardim Vitória em Primavera do Leste.

Noracy Gomes, conheceu José Paulo em Portugal há cerca de 10 anos. Lá se casaram. O casal veio para o Brasil e, na Bahia moraram por três anos. Como Noracy tinha parentes em Primavera do Leste, há cerca de um ano se mudou para Primavera. José Paulo não conseguiu emprego como engenheiro civil e estava trabalhando numa distribuidora de bebidas. Noracy Gomes também já havia conseguido emprego. Nos últimos dois dias os dois não haviam comparecido nos respectivos trabalhos. Parentes arrombaram a porta da casa, por volta das onze horas da quinta-feira (11) e encontraram o casal morto.

O corpo da mulher apresenta mais de 14 perfurações e o do homem apenas um corte no pescoço e as chaves da residência estavam no bolso da calça do mesmo. Segundo peritos o crime fora cometido há mais de 12 horas. O casal não tinha filhos. Noracy Gomes deixou dois filhos (um casal) do primeiro casamento, maiores e casados. José Paulo tinha duas filhas que moram em Portugal.

A tragédia foi descoberta após o patrão de José Paulo sentir sua ausência por dois dias, o patrão passou em frente onde ele morava e viu a bicicleta do mesmo amarrada numa árvore - lugar onde sempre ficava  - no segundo dia de ausência do funcionário, o patrão novamente foi até a residência e a bicicleta estava no mesmo local. À noite retornou e viu a bicicleta ainda amarrada na árvore. Hoje, quinta feira(11) era o terceiro dia de ausência do funcionário e, como o mesmo não compareceu ao trabalho, ligou para a irmã da esposa do funcionário. Esta também informou que a irmã não comparecia ao trabalho há três dias. Então decidiram ligar para a polícia que foi até o local.

Noracy teria sido vista pela última vez em um bar localizado no centro da cidade na terça-feira (9), a noite na companhia de uma amiga.

 

 

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário