12/09/2016 - Crimes de roubos e furtos aumentam 23% em Cuiabá e casos ultrapassam 13 mil

O governador Pedro Taques (PSDB) admitiu que houve aumento nos roubos e furtos na capital mato-grossense e ainda garantiu que o Estado está trabalhando em ações para reduzir os índices. Os dados da Polícia Judiciária Civil (PJC) apontam que até julho deste ano foram mais de 13 mil casos só em Cuiabá. Juntando a capital mato-grossense com Várzea Grande, os casos ultrapassam 18 mil.

 

Os dados da Delegacia de Roubos e Furtos (Derf) mostram que até julho deste ano foram registrados 5.970 roubos e 7.317 furtos em Cuiabá. Somados, os dois chegam a 13.287 casos. Os números têm sido muito superiores ao mesmo período do ano passado, quando foram registrados 4.492 roubos e 6.247 furtos. De janeiro a abril de 2016 foi quando houve um forte incremento destes crimes. Na comparação, o crescimento foi de 23%.
 
Já em Várzea Grande, os dados da Polícia Judiciária Civil revelam que até julho deste ano foram registrados 2.988 roubos e 2.121 furtos. No mesmo período do ano passado foram 2.029 roubos e 1.963 furtos. Os casos de latrocínio também tiveram incremento, passando de 8 (2015) para 12 (2016), em Cuiabá e de 6 (2015) para 10 (2016), na cidade industrial.
 
“A polícia vem fazendo um trabalho excelente em Mato Grosso. Nós chamamos 3.550 novos policiais, em pouco tempo de mandato. Também alugamos 297 novas viaturas, o cidadão está vendo elas nas ruas. Diminuímos os índices de homicídios em Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis e Sinop. infelizmente o número de roubos e furtos ainda está grande”, disse o governador em entrevista à Centro América FM.
 
Porém, Taques destacou que o Executivo está investindo em ações para combater o aumento de roubos e furtos: “Estamos com uma atuação forte, apreendemos este ano mais de cinco toneladas de drogas no Estado. O secretário [de Segurança Pública, Rogers Jarbas] está conduzindo uma operação para combater ainda mais este tipo de crime. Em setembro, serão formados mais de mil novos policiais que estarão a serviço da população de Mato Grosso”, finalizou.

 

 

 

Da Redação - Wesley Santiago

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário