12/11/2014 - TSE descongela votos de Peruzzo e manda julgar pedido de Barranco

O TSE, em sessão realizada nesta terça (11), deferiu recurso interposto pelo ex-prefeito de Juína Altir Peruzzo (PT), que concorreu à Assembleia com o registro sub judice. Assim, na prática, o petista descongelou os votos 15.229 votos obtidos nas eleições deste ano e derrubou a tese de que é "ficha suja". Na mesma sessão, a Corte, por maioria, proveu o agravo regimental apresentado pelo também petista Valdir Barranco, ex-superintendente do Incra e ex-prefeito de Nova Bandeirantes.

 

Barranco, a exemplo de Peruzzo, também teve o registro negado devido a Lei da Ficha Limpa. Agora, tenta reverter a situação. Os dois casos são relatados pela ministra Maria Thereza Rocha de Assis. A expectativa em torno dos julgamentos é grande porque pode alterar a composição da lista de eleitos da Assembleia. Ocorre que se, além de Perruzzo, Barranco conseguir descongelar os 19.227 votos que teve o coronel Pery Taborelli (PV), eleito deputado, perderá a vaga.

 

O PT, por sua vez, passaria a ter, ao menos, um deputado na Assembleia. A tendência é que um desfecho em relação à situação ocorra já na semana que vem. De todo modo, quem respira aliviado é o ex-secretário de Governo de Sinop, Silvano do Amaral (PMDB), eleito deputado. Acontece que se apenas os votos de Barranco fossem descongelados, ele perderia a cadeira. Agora, neste cenário, o único que pode ficar sem mandato é Taborelli.

 

Votação

Votaram favoráveis ao recurso de Peruzzo os ministros Henrique Neves da Silva, Luciana Lóssio, Gilmar Mendes, Luiz Fux, João Otávio de Noronha e Dias Toffoli (presidente). Já no caso de Barranco, a relatora não teve o voto seguido. Os ministros Henrique, Luciana, Gilmar, Luiz Fux e Dias Toffoli se manifestaram nos termos do voto de Noronha, que redigirá o acórdão. 

 

Comentários

Data: 13/11/2014

De: adeirapolinario

Assunto: indeferido com recso

candidatoa deoutado federal pelo psdc rj

Novo comentário