12/11/2015 - Blairo Maggi confirma filiação ao PMDB para a próxima terça-feira e diz que Bezerra é "o comandante"

Considerado um dos principais líderes do agronegócio brasileiro e com forte influência na bancada ruralista, o ex-governador e senador mato-grossense Blairo Maggi (ex-PR) se filia ao PMDB na próxima terça-feira (17), durante o Encontro Nacional do partido, no auditório central do Hotel Meliá, em Brasília. "É a realização de um sonho da juventude, alimentado desde a militância universitária no MDB", citou ele, reforçando um discurso adotado desde que anunciou sua saída do Partido da República.
 
Sua ficha de filiação será abonada pelo vice-presidente Michel Temer e pelo  deputado federal Carlos Bezerra, presidente regional do PMDB. "Vamos chegar como soldados, humildemente obedientes, pois o nosso comandante [Carlos Bezerra] possui rica história no partido", afirmou Maggi, para a reportagem do Olhar Direto.
 
Carlos Bezerra explicou que o Encontro Nacional vai reunir líderes de todo o país e mais dez deputados estaduais, que prestigiarão a filiação de Maggi. Existe a expectativa de que outros líderes políticos  de Mato Grosso, especialmente prefeitos e vereadores, também compareçam ao auditório do Hotel Meliá.
 
A filiação de Maggi é aguardada nas hostes peemedebistas desde julho, mas emperrou em questiúnculas internas e, ainda, no fato de setores da legenda estar em rota de colisão com o PT e o governo Dima Rousseff.
 
Quando o Supremo Tribunal Federal (STF) criou jurisprudência de que o mandato do detentor de cargo majoritário não pertence ao partido, Maggi e o governador José Pedro Taques (PSDB) decidiram mudar de agremiação política. Taques trocou o PDT pelo ninho tucano. Já Maggi abandonou o PR, que ajudou a fundar, para realizar o antigo sonho de se filiar ao PMDB.
 
Muito se especulou sobre a estratégia de Maggi em se filiar ao PMDB, para ter musculatura na disputa pelo Senado. Em recente entrevista para oOlhar Direto, ele negou com veemência.

 

 

 

Da Reportagem Local - Ronaldo Pacheco

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário