12/12/2013 - Menos um entrave graças a Deus, diz governador ao entregar viaduto

O governador Silval Barbosa (PMDB) inaugurou a primeira obra do “pacote” que será implementado para a circulação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). Trata-se do Viaduto da UFMT, que leva o nome do jornalista Clóvis Roberto (já falecido). O peemedebista revela que sente alívio em entregar a obra, pois havia pressão de comerciantes que se sentiam prejudicados com o bloqueio de algumas vias no entorno do viaduto.

De certo modo, Silval tira um peso das costas a cada obra entregue, ainda mais por ser a de passagem do VLT, uma das mais polêmicas e aguardadas. “Menos um entrave, graças a Deus”, desabafou o governador na noite desta quarta (11), com a presença de poucas autoridades e muitos curiosos.

   Já o prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (PSB), manteve o discurso das inaugurações anteriores ao dizer que com as obras prontas, se desenhará uma nova cidade, mais moderna. “Está nascendo uma nova Cuiabá”. O socialista afirmou ainda que alguns atrasos são normais, pois são obras de grande complexidade.

A região possui um alto fluxo de veículos, além de muitos cruzamentos e rotatórias, por isso, existem muitos congestionamentos. Com o elevado, a quantidade de veículos será com maior velocidade para os dois sentidos. As marginais, por sua vez, alimentarão o tráfego para os bairros. O viaduto servirá para o VLT percorrer a linha 2, denominada Centro/Coxipó.

A inauguração, no entanto, foi apenas a parte superior do viaduto, pois a inferior deverá ser entregue só daqui a 3 meses, em conjunto, com a avenida localizada no Parque do Barbado, que passa atrás do Shopping Três Américas. Os motoristas que precisam chegar aos estabelecimentos comerciais e residências do entorno, além do campus da UFMT, terão que continuar percorrendo a rota alternativa.

A construção do viaduto teve início em outubro de 2012. Em junho deste ano, contudo, um erro de cálculo na colocação de um dos pilares culminou na demolição da pilastra. O elevado, com 428 metros de extensão, foi projetado e executado pelo Consórcio VLT Cuiabá-Várzea Grande. O contrato firmado para implantar o VLT é de R$ 1,4 bilhão.

   Silval anunciou ainda que na sexta (13) será liberado a parte superior da trincheira do Santa Rosa. Já em 23 de dezembro será a vez da inauguração do Viaduto da MT-040. Ainda este ano serão entregues o Viaduto da Sefaz e parte do complexo do Tijucal.

O viaduto da UFMT foi a quarta obra inaugurada pelo governo. Antes, foram entregues a ponte que interliga a avenida Beira Rio à rua Antônio Dorileo, no bairro Coophema. E também a ponte sobre o Rio Coxipó e o prolongamento da rua dos Eucaliptos, no Jardim das Palmeiras. Foram entregues ainda a trincheira Ciríaco Cândia e a Duplicação da Ponte Mário Andreazza.

Na cerimonia, cerca de 20 servidores do Detran foram de forma pacífica reivindicar o acordo firmado com a categoria para que a greve fosse encerrada. A presidente do Sinetran, Veneranda Acosta, ressalta que os secretários da Casa Civil e Administração, Pedro Nadaf e Francisco Faiad, respectivamente, não os têm atendido. Entre as promessas feitas pelo Executivo estão a nomeação de analista de sistema e a restruturação dos cargos de chefia do Detran. No local, Silval conversou com a categoria e combinou uma reunião para quinta (12).

 

Tarso Nunes

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário