12/12/2014 - Júlio Campos se despede da vida pública na Câmara

O deputado federal Júlio Campos (DEM/MT) fez hoje seu discurso de despedida de mais de 40 anos de vida pública. Após ocupar vários cargos políticos e deixar um legado histórico de grandes obras e benfeitorias ao Estado de Mato Grosso, o parlamentar despediu-se, mas enfatizou que sua carreira pode terminar, mas seu amor e sua luta por Mato Grosso continuam.

“Primeiramente, agradeço a Deus, a Cristo, Nosso Senhor, por ter me proporcionado tanta alegria no decorrer desses meus 68 anos de vida, que hoje completo, e meus 42 anos de vida pública. Encerro minha vida política com o sentimento de dever cumprido. Deixo conscientemente marcas indeléveis nesta minha passagem de mais de 40 anos na vida pública. Mas, devo ressaltar que minha atuação esteve sempre necessariamente ligada ao meu empenho e compromisso em todos os cargos que ocupei na atividade política em busca de combater as injustiças e as mazelas sociais do país”, afirmou o parlamentar.

Júlio Campos teve seu discurso aparteado por colegas parlamentares, que o homenagearam. De acordo com Inocêncio Oliveira (PR/PE) Júlio Campos fará muita falta à Câmara dos Deputados, sobretudo, pela seriedade e pelo espírito público com que sempre trabalhou nos diferentes cargos que ocupou.

O deputado federal Wellington Fagundes (PR/MT), destacou a brilhante atuação de Júlio. “Tive a oportunidade de acompanhar e ver que são poucos os homens públicos que atingem a marca de 44 anos de dedicação à vida pública. No seu caso, especificamente, uma dedicação a luta pelos interesses do povo de Mato grosso. E o senhor deputado, atinge essa marca de uma forma brilhante. A sua biografia é um testemunho, um relato para a história política não só em nosso Estado como também ao Brasil”, afirmou Fagundes.

O deputado Augusto Coutinho, afirmou que Campos, sem dúvidas, fará falta na Casa de Leis Federal. “V.Exa., que foi meu companheiro de partido e eu sempre admirei muito a sua postura, sua correição e por ter sido um homem sempre muito dedicado a sua terra”, enfatizou.

O deputado Izalci (PSDB/DF) afirmou ter muita satisfação de presidir a sessão de sua despedida da vida pública. “Quero dizer, Deputado Júlio Campos, da minha satisfação. É uma honra muito grande estar presidindo esta sessão neste momento em que o senhor faz esse discurso de despedida. V.Exa., que é um homem público de respeito, realmente merece todas as nossas honras, ainda mais que está aniversariando hoje. Aproveito para lhe desejar muita saúde, muita paz e que possa continuar sendo esse homem que é. O Brasil agradece a V.Exa. por todo o trabalho que realizou”, parabenizou.

Histórico

O parlamentar democrata ocupou os cargos de Prefeito de Várzea-Grande, Deputado Federal por três mandatos, entre estes, um de Constituinte, foi também Senador da República, Governador de Mato Grosso e Conselheiro do Tribunal de Contas, contribuições, as quais ele acredita que foi vocacionado.

Como Prefeito, Júlio Campos destacou as obras e atrativos que fez e transformou a cidade de Várzea Grande, de Cidade Cerrado em Cidade Industrial, ao atrair inúmeras empresas para o município e promover revolução na geração de emprego e renda; também construiu vários conjuntos habitacionais, na educação, a cidade teve o título de menor índice de analfabetismo. Na Infraestrutura, duplicou a Avenida da FEB, e pavimentou mais de 40 quilômetros das ruas centrais, etc.

A frente do Governo de Mato Grosso fez uma gestão marcada pela modernização desenvolvimento e celeridade de grandes obras. Especialmente, na área da Infraestrutura, tanto que o Executivo Júlio Campos foi batizado como o “Pai do Rodoviarismo de Mato Grosso”.

Júlio Campos  preparou o Estado no que se refere à logística de transportes, construiu em quatro anos, cerca de 2203 quilômetros de rodovias asfaltadas entre estaduais e federais, quatro mil quilômetros de estradas vicinais.

Além de estruturar o Estado com logística de transportes, disponibilizou 500 mil hectares de terras ao setor produtivo, o que possibilitou o fortalecimento das atividades agropecuárias, dando o pontapé inicial a uma política de incentivos ao Agronegócio, que fez com que o Estado hoje se tornasse o gigante da produção de grãos.

Na área de energia, construiu cinco hidrelétricas e deixou a de Manso iniciada, construiu ainda três termoelétricas; na área educacional, seu Governo atingiu um marco com a construção de mais de 1000 salas de aulas; na habitacional, construiu mais de 25 mil casas populares pela antiga Cohab. As áreas como: Assistência Social e Segurança Pública também foram muito respeitadas em minha gestão. Na saúde, construiu 24 unidades de postos e centros de saúde, 25 laboratórios e 34 unidades de prevenção do câncer.

“Dessa forma, qualquer olhar retrospectivo registrará que não me furtei, absolutamente, em debater, discutir, e me empenhar em solucionar assuntos os mais variados, e especialmente, busca de melhorias ao meu amado Estado, o Mato Grosso. Hoje, o Estado de Mato Grosso é recordista na produção de grãos, com safra equivalente a 48 milhões de toneladas, em 2014. Posso dizer que meu Governo possibilitou e deu condições de hoje Mato Grosso ser o gigante da produção de grãos no país”, finalizou Júlio Campos.

 

 

Da Redação

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário