13/01/2015 - A saúde do Hospital Regional de Confresa está na UTI

13/01/2015 - A saúde do Hospital Regional de Confresa está na UTI

O atendimento à saúde na região Norte Araguaia está pedindo socorro já algum tempo, principalemnte no Hospital Regional de Confresa que atende vários municípios da região e encontra-se em uma situação muito precária. É muito triste ver seres humanos serem tratado pelo poder publico com tamanho descaso, e falta de amor ao proximo. Todos os dias, nos deparamos com situação de cortar o coração no hospital regional de Confresa. O hospital que era pra ter condições digna de atender as emergências da cidade de Confresa e outros  municípios da região Araguaia/Xingu através do CISAX, está com a maioria dos equipamentos estragados, falta anestésicos, remédios entre outros materiais de consumo necessário para o atendimento dos pacientes.

Dezenas de pessoas tiveram suas cirurgias adiadas pois os dois aparelhos de esterilização Autoclaves estão quebrados.  Dois acidentados com lesões graves já estão a mais de uma semana aguardando cirurgia, entre eles um jovem de 22 anos da cidade de Luciara - MT e um senhor de 65 anos da cidade de Santa Terezinha, e a previsão é que talvez só na segunda 12 janeiro. - “Não devemos responsabilizar o quadro de médicos, que fazem o possível para cuidar de todos da melhor maneira possível, sabemos que sem as ferramentas e estrutura necessária, fica difícil fazer qualquer tipo de serviço.” Disse um dos pacientes internados.

Na verdade todos nos sabemos que os maiores responsáveis pela precariedade da Saúde publica do nosso pais, do nosso estado e da nossa Região são os gestores públicos, enquanto demoram nos investimentos para a saúde,  cidadãos e cidadãs sofrem por deficiencia no atendimento à saúde e muitos que não aguentaram esperar por esse serviço público já não se encontra  em nosso meio.

A Educação e outros serviços públicos podem aguardar mais um pouco, más a saúde não espera, não adianta nada escolas excelentes, estradas super estrutradas e boas para escoar a grande produção de grãos do estado e do país, se a saúde anda sempre na UTI, e para um Brasil que está buscando o rumo do crescimento econômico maior, seu povo tem que estar saldável. Um velho ditado de nossos tataravôs ainda se aplica até os dias de hoje , "Saúde é o que interessa, o resto a gente corre atrás".

 

Vip Araguaia
Gean Nascimento

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário