13/01/2016 - Corpo encontrado em porta-malas pode ser de gerente de banco

13/01/2016 - Corpo encontrado em porta-malas pode ser de gerente de banco

O corpo carbonizado encontrado dentro do porta-malas de um veículo Hyundai Tucson incendiado, em Chapada dos Guimarães (65 km de Cuiabá), no último sábado (9), pode ser de Danilo Moreno Romero, de 29 anos, funcionário do Banco do Brasil.

Danilo é gerente da agência bancária em Rosário Oeste (128 km ao Norte de Cuiabá) e está desaparecido desde sexta-feira (8).

De acordo com o delegado que investiga o caso, Diego Alex Martiniano da Silva, a esposa de Danilo, Cintia Aparecida Peixoto, informou que ele saiu com o carro na sexta-feira à tarde e não voltou mais para casa.

O delegado Martiniano disse, entretanto, que somente o laudo do Instituto Médico Legal (IML), que está sendo realizado em Cuiabá, poderá confirmar a identidade da vítima.

“Não podemos afirmar que o corpo é do Danilo, sem o resultado do laudo”, disse o delegado.

Antes de desaparecer, Danilo teria feito uma postagem na rede social Facebook a respeito de uma mulher. Veja abaixo.

O delegado disse que está investigando se a mensagem foi escrita pelo bancário, e afirmou que não pode dar mais detalhes do caso para não atrapalhar as investigações.

O caso

Conforme a Polícia Civil, policiais militares foram informados que um carro estava pegando fogo, na Estrada do Visconde, na zona rural de Chapada dos Guimarães, e foram até o local.

Quando os PMs chegaram, o veículo ainda estava em chamas.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu conter as chamas, depois de 20 minutos.

Em revista feita no carro, os policiais encontraram o corpo carbonizado dentro do porta-malas.

A vítima estava com um arame amarrado no pescoço.

Veja a postagem supostamente feita por Danilo, antes de desaparecer: 

 

 

Midia News

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário