13/02/2015 - Janaína Riva afirma que eleição da Mesa Diretora foi marcada por interferência e má-interlocução

O decorrer da eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, que sagrou Guilherme Maluf (PSDB) como presidente da Casa de Leis, desagradou a deputada estadual Janaína Riva (PSD). Ela afirma que só votou no tucano para evitar divisão entre os parlamentares e reclamou da interferência direta do governador Pedro Taques (PDT) no processo.De acordo com ela, Maluf fez uma “má-interlocução” sobre com quem poderia ou não compor chapa e, por fim, não contemplou quem deu sustentação para ele no início da disputa, entre eles o deputado Mauro Savi (PR), que inicialmente era cotado para primeiro-secretário, mas acabou sendo retirado da chapa em decorrência de determinação do Palácio Paiaguás.


“Oito deputados da oposição deram sustentação para ele no começo do processo. Sem nossa ajuda ele não ia vencer. O (Eduardo) Botelho era o favorito. Ele devia ter sido claro e dito que teria problemas em compor com alguns nomes. Eu fiquei muito chateada com o que fizeram com o Savi. Defendi ele até o fim”, disse a deputada do PSD, em entrevista na Redação do Olhar Direto.  

A parlamentar afirma ter deixado claro, nas negociações com Maluf, que nunca teve interesse em compor a nova Mesa Diretora, mas apenas participar do processo e ver o grupo contemplado. Ela ainda argumenta que seria bom para a sociedade o deputado mais votado, Mauro Savi no caso, estar presente na Mesa Diretora do Poder Legislativo.

Para Janaína Riva, o ideal é que a eleição fosse feita através de uma discussão interna, longe da interferência do Poder Executivo. “A Assembleia precisa de um presidente que seja bom para ela, não para o governador. Precisamos de uma Assembleia coesa, não de deputados divididos. Seria muito melhor ter uma mesa mista, sem ser situação ou oposição”, pontuou.

 

 

 

Da Redação - Jardel P. Arruda

Comentários

Data: 13/02/2015

De: Burrito

Assunto: Natureza

É voce conhece o fruto pela árvore. Mal foi eleita e já esta querendo sentar na janela, ao invés de se ocupar de coisas que realmente devem que ser feitas. Parace alguem que conheço, a ocupaçãp maior é tentar denegrir os outros e não de falar sobre suas qualidades e projetos. Infelizmente pessoas com alto poder economico sempre conseguem se eleger nesses cargos de multiplas vagas. (BRAZIL) talvés se fosse escrito assim seria diferente.

Novo comentário