13/02/2016 - Com chuvas, 20 pontes de madeira são levadas pela água em Juína (MT)

13/02/2016 - Com chuvas, 20 pontes de madeira são levadas pela água em Juína (MT)

Pelo menos 20 pontes de madeira foram levadas pela água desde a semana passada, no município de Juína, a 737 km de Cuiabá. A situação prejudicou inúmeras famílias que vivem nas comunidades rurais daquela região e mais de 40 delas tiveram de deixar as suas casas após os imóveis ficaram alagados, segundo o supervisor de Estradas e Rodagem da Secretaria de Infraestrutura do município, Eduardo Rodrigues da Silva.

A Defesa Civil do estado está na região para fazer um levantamento junto com a prefeitura do município dos danos causados pelas chuvas, principalmente aos moradores que vivem nas proximidades do Rio Perdido, perto da zona urbana.

Das comunidades afetadas, seis ficaram completamente ilhadas. Diante desse isolamento das famílias de seis comunidades daquele município, a administração municipal diz ter priorizado a reconstrução das pontes nessas localidades. "Estamos reconstruindo as pontes e até agora já conseguimos refazer oito [das 20 levadas]", afirmou o supervisor.

 

Estradas se transformaram em rios (Foto: Prefeitura de Juína-MT)Estradas se transformaram em rios (Foto: Prefeitura de Juína-MT)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Agora, o município tenta angariar recursos do estado para cobrir as despesas com a reconstrução das pontes e reparar outros prejuízos causados pelas recentes chuvas. "Todos os anos, nesse período, acontece isso", afirmou. As famílias também já voltaram para casa.

Na semana passada, o prefeito do município, Hermes Bergamin (PSDB), decretou situação de emergência. Por causa disso, a Defesa Civil foi até a região verificar a situação e decidir se homologa o pedido do município. Com a homologação, o município pode receber ajudar financeira e dividir o prejuízo.

Outros municípios mato-grossenses passaram por situação semelhante, como Porto Esperidião, Vila Bela da Santíssima Trindade e Pontes e Lacerda.

Em Porto Esperidião e Vila Bela da Santíssima Trindade, uma enchente registrada no mês passado deixou 40 famílias desabrigadas. Em Pontes e Lacerda, centenas de famílias em diversas comunidades daquela região ficaram desabrigadas.

 

 

 

 

Pollyana Araújo Do G1 MT

 

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário