13/03/2013 - Não posso declarar apoio a quem nem sei se é candidato, diz Riva

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado estadual José Riva (PSD), admite sua afinidade política com o senador Blairo Maggi (PR), potencial candidato ao Governo do Estado em 2014, mas afirma que ainda é muito cedo para declarar seu apoio ao eventual projeto político do republicano. 

Riva lembra que se elegeu deputado em uma chapa de oposição ao governo de Blairo Maggi durante o primeiro mandato do hoje congressista e que mesmo assim o ajudou na governabilidade. “Eu sempre expressei a minha simpatia, minha relação com o governador Blairo Maggi sempre foi uma relação muito madura, muito boa no decorrer do mandato do governador. E eu tendo sido eleito pela oposição, na época junto com o grupo do saudoso governador Dante de Oliveira, contribui da melhor maneira para que o estado fosse bem”. Relembra.

“Eu acho cedo para você sair por ai lançando um candidato até porque eu não sei as intenções do ex-governador Blairo Maggi. Eu disse que não teria dificuldades de apoiá-lo, mas eu não posso sair declarando apoio pra quem eu não sei nem se é candidato”, completou.

O peessedista ainda reforçou sua intenção de sair da vida pública. “Eu acredito que eu cumpri com meu papel na assembleia, não quero mais ser deputado estadual e eu acredito que eu posso ser muito útil sem mandato também”, asseverou. Apesar da declaração, Riva adianta que pode concorrer novamente em 2014.

“Eu costumo dizer para que a gente não passe a ser alvo de gozação, costumo dizer que na política nada é definitivo, mas a minha determinação em não ser candidato, ela vem desde a eleição passada de deputado estadual”, garantiu.

As declarações do parlamentar foram feitas no Jornal do Meio-Dia da Record. No programa, Riva também criticou a falta de planejamento das obras da Copa do Mundo e afirmou que a saída da construtora Ster responsável pelas trincheiras Mário Andreazza, Verdão e Santa Rosa deve comprometer o andamento das obras. O parlamentar, no entanto, acredita que os atrasos não põem em risco o evento em Cuiabá.

“Eu não acredito que corra risco, logicamente [a saída da construtora] compromete muito o andamento dessas obras. A falta de planejamento evidentemente foi prejudicial, porque iniciar várias obras em uma mesma avenida que tem um fluxo de veículos tão grande á um risco muito grande, principalmente quando não se cumpre o calendário, porque as obras estão praticamente todas atrasadas”. 

“Mas eu acredito que Mato Grosso vai cumpri com seu papel. Que algumas obras vão atrasar, sem dúvidas, até porque hoje no Brasil não é tão fácil assim você tocar uma obra pública, mas eu creio que as empresas que saíram das três obras, isso foi negociado, elas não cumpriram o calendário do planejamento de obras”, completou.

 

Da Redação - Lucas Bólico

COMENTÁRIOS

Data: 13/03/2013

De: O ELEITOR

Assunto: BLAIRO MAGICO!

O vale do araguaia não vai apoiar essa candidatura com certeza do blairo a unica obra que se esperava dele e desse incompetente do sinval barbosa era a o asfaltamento da 158..mas como é de se imaginar nossos politicos regionais a troco de grana com certeza os apoiarão..é o fim..éo fimm...

Novo comentário