13/04/2013 - Polícia prende mulher conhecida como 'rainha do crime' de Formosa

A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu na quarta-feira uma mulher que é acusada de ter cometido mais de 15 crimes em Formosa (GO), na região do entorno do DF.

Suiara da Mata e Silva, 20 anos, estava foragida desde junho de 2012, quando escapou da cadeia de Formosa após ter sido detida por atirar contra duas irmãs - uma morreu e a outra ficou paraplégica.

"Ela mexia com tudo: roubo, tráfico, homicídio", disse o delegado João Carlos Lóssio, titular da 11ª Delegacia de Polícia do DF.

Suiara começou cedo a cometer delitos, segundo o delegado - "desde adolescente ela praticava os crimes", afirmou.

Em setembro de 2011, a criminosa tentou matar duas jovens que, segundo a polícia, eram "desafetos" dela - Jeane e Jaqueline Barbosa dos Santos, de 19 e 22 anos, respectivamente.

Suiara disparou vários tiros de pistola contra as duas em um bar de Formosa. Jeane morreu no local e Jaqueline sobreviveu após ser socorrida.

A polícia prendeu a criminosa quase nove meses depois, em junho de 2012. Três dias após ser detida, Suiara fugiu da cadeia pública de Formosa com mais quatro presos. Desde então, a jovem estava foragida, e a polícia procurava por ela com um mandado de prisão.

Mulher tenta esconder arma em carrinho de bebê

Na última terça-feira, agentes foram até um apartamento em Valparaíso de Goiás (GO), município vizinho a Formosa que também faz divisa com o DF, para cumprir um mandado de prisão contra o namorado de Suiara, Douglas Augusto dos Santos, 18 anos - ele é acusado por duplo homicídio em Candangolândia (DF). Quando os policiais chegaram, a jovem segurava no colo o filho, um bebê de dois meses, e portava uma arma - segundo o delegado Lóssio, ela pensou se tratar de bandidos que queriam matar Douglas.

Na confusão, Suiara tentou se livrar da pistola e até a escondeu no carrinho de bebê, mas foi presa por porte ilegal de arma. Ela informou um nome falso à polícia, que na hora não a identificou como autora dos outros crimes, e foi solta após pagar fiança.

Entretanto, na quarta-feira, os policiais voltaram ao apartamento, que pertence ao pai de Douglas, com o mandado de prisão contra Suiara. A jovem foi encaminhada ao Presídio Feminino do Distrito Federal, conhecido como Colmeia. O namorado dela está preso no Complexo Penitenciário da Papuda.

Segundo o delegado Lóssio, a polícia do DF deve indiciar Suiara apenas por porte ilegal de armas e falsa identidade. A jovem deve responder pelos outros crimes na Justiça de Goiás.

 

Com informaçãodo site: Mais Goiás

COMENTÁRIOS

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário