13/04/2015 - Deputado pede informação detalhada dos aeroportos de Vila Rica e São Félix do Araguaia

O deputado estadual, Silvano Amaral (PMDB), solicitou da Secretaria de Aviação Civil (SAC) informações técnicas sobre os 13 aeroportos de Mato Grosso que serão contemplados com recursos do Governo Federal. O investimento no Estado gira em torno de R$ 330 milhões.

 

Os aeroportos de Mato Grosso fazem parte do Plano de Aviação Regional (PAR) e foram incluídos no Programa de Investimentos em Logística (PIL).

 

Silvano disse que vai acompanhar o projeto de cada aeroporto, porque acredita que poderá contribuir com a SAC e também com as cidades que possuem os aeroportos, além de Vila Rica e São Félix do Araguaia as outras cidades são: Sinop, Rondonópolis, Alta Floresta, Barra do Garças, , Cáceres, Juara, Juína, Pontes e Lacerda, Lucas do Rio Verde, Matupá e Tangará da Serra.

 

“Muitas vezes, o projeto (do aeroporto) está parado por falta de documentos ou aguardando a liberação da licença ambiental, como é o caso de Sinop, e neste caso queremos, de alguma maneira, auxiliar as prefeituras”, disse o peemedebista que no mês passado esteve com ministro Padilha para tratar do aeroporto de Sinop.

 

Segundo o deputado, Padilha garantiu que o Governo Federal dispõe do recurso para investir nos aeroportos de Mato Grosso, mas que aguarda conclusão dos projetos que ainda estão sob análise da SAC.

 

Ainda de acordo com Silvano, casos como o de São Félix do Araguaia que ainda não apresentou todos os documentos necessários à SAC, podem ser resolvidos.

Na semana passada, o deputado Silvano e o prefeito de Sinop, Juarez Costa (PMDB), estiveram com o governador Pedro Taques (PDT) e aproveitaram a ocasião para pedir atenção especial para Sinop. Vale informar que, o aeroporto de Sinop possui uma taxa de lotação dos voos de 92%, trecho Sinop-Cuiabá, o que classifica o município como o terceiro mais requisitado do país.

 

Em 2014 o aeródromo chegou a registrar 220 mil embarques e desembarques. Dos 270 aeroportos espalhados pelo Brasil, contemplados pelo PIL, Sinop está na lista nos cinco aeroportos em fase final de análise, dependendo apenas da licença ambiental para que o processo de licitação das obras seja aberto.

 

De acordo com o Programa de Investimentos em Logística (PIL), tanto a licitação, como a execução das obras é de responsabilidade do Banco do Brasil.

O PROGRAMA – O objetivo do Governo Federal é integrar o território nacional, fortalecer os pontos turísticos, desenvolver pólos regionais e melhorar a mobilidade para as comunidades da Amazônia Legal. 

 

Outra meta do PIL é fazer com que o preço das passagens disponibilizadas nesses aeroportos seja compatível aos oferecidos pelo transporte rodoviário.  O investimento para a implantação dos aeroportos regionais é de R$ 7,3 bilhões. Na região Centro-Oeste, 31 aeroportos serão contemplados, dos quais 13 pertencem a Mato Grosso. 

 

 

Fonte: Jornal da Noticia com Assessoria

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário