13/05/2011 - 16h:00 Casaldáliga: bispo nomeado pela CNBB terá dificuldades para conciliar cargos

Assumir a secretaria geral da CNBB - Confederação Nacional dos Bispos do Brasil pode significar ausência de Dom Leonardo Ulrich Steiner na Prelazia de São Felix do Araguaia, a 1.150 km ao nordeste de Cuiabá (MT). Pelo menos é o que prevê o bispo emérito de São Félix, Dom Pedro Casaldáliga, que ao se aposentar foi sucedido por Dom Leonardo.

Dom Pedro não hesita ao ser pergunta sobre o que achou da nomeação do bispo Leonard Ulrich pela CNBB. “Vai ser difícil conjugar o trabalho na CBB coma prelazia de São Félix. O secretário geral tem muitas atribuições e a distância e a falta de comunicação com o Araguaia vai dificultar o trabalho dele aqui”.
Casaldáliga reconhece a importância do cargo, principalmente porque o nome de Dom Leonardo foi aceito pela imensa maioria dos votantes. Foram 202 de um total de 268 votos. Além do quê, desde 1979 não era eleito para secretário geral um bispo diocesano e virou, na CNBB, quase uma tradição eleger um bispo auxiliar para o cargo. “Ele é um homem culto, trabalhador, merecedor do cargo”, avalia Dom Pedro.

No entanto, vê com preocupação a situação da Prelazia de São Félix, porque já está com 83 anos e tem várias limitações por conta do Mal de Parkison. Dedica a maioria do seu tempo a leitura, sempre sentado na varada de uma casa bem modesta. Lúcido, mantém a serenidade de sempre e firmeza nas declarações ao tratar de assuntos polêmicos e de grande repercussão. (com Vanessa Lima, de O Repórter do Araguaia)

Blog:Sandra Carvalho

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário