13/06/2014 - Brasil vence Croácia por 3 a 1 na estreia da Copa

Na estreia da Copa do Mundo, o Brasil venceu a Croácia por 3 a 1, nesta quinta-feira (12), numa difícil partida no Itaquerão. Os croatas abriram o placar aos 10 minutos do primeiro tempo, mas cederam a pressão e viram Neymar e Oscar brilharem para mudar o cenário da partida. Brasil completa nove vitórias consecutivas nas suas estréias em Copas. Em 20 ganhou 16, empatou duas e perdeu duas. Na próxima rodada, a seleção da casa encara o México em Fortaleza. Já a Croácia vai a Manaus para enfrentar Camarões. 

 

O jogo – A partida começou bastante equilibrada, mas a Croácia conseguia sair com mais perigo. Nos primeiros cinco minutos, em pelo menos três jogadas, os visitantes mostravam como a partida seria dura. As jogadas mais perigosas eram pela esquerda do ataque, sempre com Olic.

 

O gol da Croácia tinha o caminho e o roteiro prontos. E assim aconteceu aos 11 minutos de jogo em cruzamento rasteiro pela esquerda. A bola foi para Jelavic, que não conseguiu chutar, mas chegou em Marcelo que, na tentativa de afastar, acabou empurrando para o gol. Marcelo é o primeiro jogador a fazer contra o primeiro gol de uma Copa. Foi o gol número 89 sofrido pelo Brasil na história das Copas.

A partir desse primeiro momento crítico do Brasil na Copa, empurrada pela torcida, a seleção partiu para o ataque e abriu espaços na defesa. Em pelo menos duas ocasiões, Julio Cesar teve que fazer boas defesas. Em uma delas, Olic (de novo) cabeceou à queima-roupa. Depois de tantos sustos, a estrela de Neymar começou a aparecer.

 

Em um dos momentos mais agudos, o craque brasileiro conseguiu chegar na linha de fundo quase na pequena área, cruzou para o meio, mas a zaga afastou de qualquer forma. A bola sobrou para Oscar (um dos melhores em campo pelo Brasil), que chutou de fora da área para boa defesa de Pletikosa.

 

E de tanto pressionar, o Brasil acabou empatando. Aos 29 minutos, pelo meio, Oscar conseguiu encontrar Neymar na intermediária. O craque brasileiro trouxe para o meio e chutou de esquerda. A bola não saiu forte, mas entrou no canto esquerdo.

O Brasil seguiu na pressão, mas deixava espaços principalmente pelas laterais. Não houve outras chances claras de gol até o final do primeiro tempo.“Estamos com muito problema principalmente pela direita e a Croácia está marcando muito bem”, comentou Waldir Luiz, das emissoras públicas de rádio.

 

No segundo tempo, o Brasil voltou mais organizado e com a marcação adiantada. A estratégia criou problemas para as saídas de bola dos croatas, que tocavam melhor a bola antes.

 

Em uma saída errada da zaga, Corluka teve que fazer falta em Neymar que avançava pelo meio. Na cobrança de falta, Daniel Alves chutou forte e com perigo.

 

Na jogada seguinte do Brasil, a bola chegou em Fred, que caiu na área. O juiz japonês Yuchiu Nishimura marcou pênalti. Todo o time da Croácia ficou inconformado com a marcação. Neymar cobrou o pênalti. O goleiro croata chegou a tocar na bola, mas o Brasil virou o jogo.

 

A Croácia passou a pressionar pelo empate. Aos 43, Perisic chutou de dentro da área para mais uma defesa de Julio Cesar. Na sequência, aos 45 minutos do segundo tempo, Oscar foi lançado no contra-ataque, e premiado, pela boa atuação, chutou de bico para fazer o terceiro e confirmar a vitória brasileira.

 

O Brasil jogou com Julio Cesar, Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo, Luiz Gustavo, Paulinho (Hernanes) e Oscar, Hulk (Bernard), Fred e Neymar (Ramires). Técnico: Felipão.

 

A Croácia jogou com Pletikosa; Srna, Corluka, Lovren e Vrsaljko; Rakitic, Kovacic (Brozovic), Perisic e Modric; Olic e Jelavic (Rebic). Técnico: Nico Kovac.

 

 

Luiz Claudio Ferreira - Portal EBC

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário