13/06/2016 - Criminosos rendem motoristas e ateiam fogo em ônibus em Cuiabá

13/06/2016 - Criminosos rendem motoristas e ateiam fogo em ônibus em Cuiabá

Pelo menos três ônibus de transporte coletivo foram incendiados na noite desta sexta-feira (10), em três bairros de Cuiabá. A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp). Devido os ataques, a Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob) determinou que todos os ônibus do transporte coletivo sejam recolhidos para as garagens.

 

A Sesp apura se os ataques são uma represália de detentos da Penitenciária Central do Estado (PCE) à greve dos agentes penitenciários no estado. Com a greve, foram suspensas as visitas e o banho de sol dos detentos. Segundo a Sesp, desde o começo da semana, familiares dos detentos estão alertando para uma possível rebelião e chegaram a bloquear o tráfego em duas rodovias para reivindicar o retorno das atividades nos presídios.

 

Um dos ônibus foi queimado no bairro Praeiro, no ponto final da linha. O veículo pertence à empresa Pantanal Transportes. Segundo o Corpo de Bombeiros, quando a equipe chegou ao local, o veículo já estava completamente em chamas. Os bombeiros conseguiram controlar o incêndio. Como o ônibus estava estacionado próximo a um poste de energia, foi solicitado à concessionária de energia elétrica o corte do fornecimento no local.

 

O motorista do ônibus, que preferiu não ser identificado, informou aos bombeiros que estacionou no local às 18h30 e desceu do veículo para tomar água, momento em que foi abordado por três pessoas de bicicleta. Ele não soube informar se os criminosos eram menores de idade.

 

Ainda de acordo com o relato do motorista, os vândalos ordenaram que os passageiros descessem do veículo e deram tiros para o alto. Em seguida, jogaram gasolina por todo o ônibus e atearam fogo. Ninguém ficou ferido no local.

 

O segundo ônibus incendiado, segundo a Sesp, estava parado no bairro Pedra 90. O ataque ocorreu por volta das 20h, de acordo com o Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp). A Associação Matogrossense dos Transportadores Urbanos (AMTU) informou que o veículo pertence à empresa Norte Sul Transportes.

 

O terceiro ônibus foi queimado no bairro Unipark, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. Um chamado para a ocorrência foi registrado às 20h07 pelo Ciosp. O veículo pertence à empresa União Transportes, segundo a AMTU. Não há informações de feridos até o momento.

 

Tentativa

De acordo com a AMTU, outro veículo da Pantanal Transportes foi atacado no bairro Jardim Vitória. Um grupo teria cercado o veículo e jogado gasolina, mas foram impedidos por moradores de atearem fogo no ônibus. Em seguida, o veículo foi recolhido para a garagem da empresa.

 

Outro lado

O governo de Mato Grosso informou que o policiamento na capital e em Várzea Grande foi reforçado em função dos ataques e que este reforço do policiamento será estendido durante todo o fim de semana.

 

A greve

A greve dos servidores do sistema penitenciário em Mato Grosso, que teve início no dia 31 de maio, suspendeu as visitas aos presos das unidades prisionais. Também estão suspensos os cumprimentos de intimações e os banhos de sol na quadra. O estado tem aproximadamente 1,5 mil são agentes penitenciários e 59 unidades prisionais.

 

Os agentes cobram do estado o pagamento da reposição da inflação de 2015, de 11,28%, e pelo menos outras 27 categorias também entraram em greve para fazer a mesma reivindicação.

 

O estado já fez duas propostas de pagamento da RGA (Revisão Geral Anual), ambas parceladas, que foram recusadas pelo funcionalismo público. A Justiça determinou a volta dos agentes penitenciários ao trabalho, sob pena de multa diária de R$ 100 mil, mas a categoria decidiu continua em greve.

 

 

 

G1 Mato Grosso
Lislaine dos Anjos

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário