13/07/2011 – 08h:00 Prefeitos discutem MT 100 com Dep. Baiano Filho

Reuniram-se na Fazenda Porto Velho, a aproximadamente 75 km de Luciara, os prefeitos Parassu de Freitas do município de Luciara, Domingos Neto (Silvio) de Santa Terezinha, Calisto de Vila Rica e Tarzan de Porto Alegre do Norte, além de vereadores dos três municípios e lideranças regionais, com o proprietário da fazenda Sr. Fábio Ferreira e o Dep. Baiano Filho para discutirem a concretização da MT 100 e o melhor trajeto da mesma.

Essa rodovia liga diretamente os municípios de Luciara a Santa Terezinha mas viabiliza o acesso a todos as outras cidades e representa um avanço para a economia da região.

As obras prevêem o levantamento e cascalhamento de um trecho de aproximadamente 100 km, além da construção das pontes sobre o Rio Tapirapé, com extensão de 158m, e sobre o Rio Beleza, com 62m.

O trecho entre Novo Santo Antônio e São Félix do Araguaia já está sendo feito pela Prefeitura Municipal de Novo Santo Antônio através do Prefeito Valdemir Antônio e entre Luciara e Santa Terezinha está sendo construído pelo pelo Prefeito Parassu, Tapirapé a Santa Terezinha, pelo prefeito Silvio.

Durante a reunião, foram discutidas as possibilidades da estrada passar pela divisa da Fazenda Porto Velho com os Tapirapés.

Segundo Informação do Sr. Fábio Ferreira, a preocupação maior é com a preservação ambiental e o fato da estrada facilitar o acesso dos pescadores ao rio tapirapé, é um fator preocupante, assunto este que foi discutido entre todos e citado até a possível moratória da pesca para que não haja maiores problemas.

Segundo o Dep. Baiano Filho a construção da MT 100 trará uma nova vida para a região norte Araguaia, pois facilitará o acesso entre os municípios facilitando o agronegócio e o turismo.

“Os 500 km entre Luciara e Santa Terezinha serão reduzidos a 100 km com a implantação da MT 100, traduzidos em qualidade de vida e na escoação da produção e lazer”, disse o Dep. Baiano Filho.

Após discutirem sobre o melhor trajeto da estrada, ficou marcado uma nova reunião para o dia 15/07 sexta-feira as 09 horas na mesma fazenda para juntos chegarem a um consenso e conversarem diretamente com os índios cujas terras fazem divisa com a fazenda Porto Velho.

 

Gilmara Costa/Assessoria de Imprensa

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário