13/07/2016 - Pecuarista desaparecido em MT pode ter sumido voluntariamente, diz polícia

13/07/2016 - Pecuarista desaparecido em MT pode ter sumido voluntariamente, diz polícia

Desaparecido há quase dois meses, o pecuarista José Filho Correia de Souza, de 37 anos, pode ter sumido voluntariamente, de acordo com a Polícia Civil. O pecuarista é morador de Vila Rica, município a 1.276 km de Cuiabá e sumiu no dia 20 de maio. Na época, segundo a esposa do homem, Aldaci Brambila, ele sumiu quando se dirigia para a fazenda da família localizada a aproximadamente a 50 km da cidade.

 

O desaparecimento completou 52 dias nesta segunda-feira (11). O G1 tentou novo contato com Aldaci, mas ela não atendeu às ligações.

 

Aldaci, que é secretária municipal de Administração de Vila Rica, afirmou que no dia 20 de maio o marido chegou a entrar em conato por telefone na manhã daquele dia.

 

Na ocasião que o homem manteve contato com a família pela última vez na manhã daquele dia e não foi mais encontrado. Segundo Gutemberg de Lucena, delegado de Vila Rica, alguns indícios apontam para que o homem possa ter sumido de maneira voluntária. A primeira hipótese de investigação da polícia, que era de homicídio, passou a ser a segunda linha de investigação.

 

“Nesse momento nós estamos buscando a localização dele, partindo do ponto de que ele está vivo. Já ouvimos alguns parentes e testemunhas e nos próximos dias deverão ser ouvidas algumas pessoas que tinham algum relacionamento de negócio com ele”, explicou.

 

A mulher do pecuarista disse que os dois se preparavam para viajar e visitar parentes, antes do sumiço Depois de dois dias sem notícias do marido, ela chegou a ligar para fazendas vizinhas para procurar informações, mas ninguém havia visto o pecuarista.

 

O inquérito do caso foi prorrogado por mais 30 dias, por conta da greve dos investigadores e poderá se prolongar por mais 30 dependendo do andamento, segundo a polícia.

 

 

 

G1/MT

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário