13/08/2015 - Polícias libertam fazendeiro sequestrado em Primavera do Leste; na troca de tiros bandido morre

13/08/2015 - Polícias libertam fazendeiro sequestrado em Primavera do Leste; na troca de tiros bandido morre
As Polícias Civil e Militar resgataram um fazendeiro sequestrado e mantido em cativeiro por mais de 12 horas no município de Primavera do Leste, nesta quarta-feira (12). O fazendeiro Leo Bacaltchuk teve a casa invadida por volta das 2 horas da madrugada por um homem, que anunciou o roubo, perguntou se tinha arma e saiu levando o dono do imóvel no veículo da família e depois passou a extorquir R$ 3 milhões em dinheiro
 
A vítima foi resgatada na Rodovia, em uma região de cerrado, a 30 quilômetros de Primavera do Leste, sentido Barra do Garças. O sequestrador, que ainda não foi identificado por estar sem documento, mantinha a vítima no veículo Saveiro Branco, de propriedade do fazendeiro, quando os policiais civis e militares da Força Tática chegaram ao local combinado para entrega do resgate.
 
O sequestrador percebeu a presença dos policiais e deu uma gravata na vítima, que o empurrou e neste momento efetuou disparos contra a guarnição da Força Tática, que revidou e atingiu o bandido com três tiros no tórax, que foi à óbito.
 
A família acionou a Polícia que assim que a vítima foi levada em seu veículo, com uma corrente de ouro e objetos da casa. Mas depois, o bandido passou a receber ligação do criminoso, que a princípio exigia R$ 3 milhões para soltar o fazendeiro. No momento do assalto estavam na residência a vítima, a esposa e uma filha.
 
O delegado da Polícia Civil, Rafael Sippel Fossari, informou que as negociações começaram por volta das 3h53, quando a família recebeu a primeira ligação do criminoso. Um amigo da vítima fazia a negociação, inicialmente sob orientação do delegado Fossari e depois com apoio do major da Polícia Militar, Gabriel Coutinho. "Ele exigia a todo momento que não era para chamar a polícia. Então fomos acompanhando e ao mesmo tempo com equipes na rua", disse o delegado Fossari.
 
O criminoso exigia R$ 3 milhões para soltar o fazendeiro, depois baixou para R$ 1 milhão, 100 mil, 50 mil e fechou a negociação em R$ 5 mil. O amigo da família sacou o dinheiro e colocou em uma sacola para entregar ao sequestrador em ponto combinado.  "O cativeiro era bem próximo do local onde marcou a entrega do dinheiro", disse o delegado Rafael Fossari.
 
Durante toda a madrugada o bandido e a vítima ficaram em uma região de cerrado, próximo de uma cachoeira. Para manter contato tirou o chip do aparelho celular da vítima e colocou em outro celular.
 
A vítima sofreu apenas algumas escoriações na mão. Ela presta depoimento na Delegacia de Primavera do Leste.
 
 
 
Assessoria

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário