13/09/2016 - Campanha de Dilma e Temer em Mato Grosso é investigada pelo TSE

Um inquérito que chegou ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) no meio deste ano investiga suspeitas de irregularidades na campanha de 2010 da ex-presidente Dilma Rousseff e do seu vice à época, o atual presidente, Michel Temer.
 
Por determinação do ministro Gilmar Mendes, atual presidente da corte, o procedimento foi encaminhado ao Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal, onde está tramitando.
 
A reportagem da Folha apurou que o caso está relacionado a uma investigação iniciada em 2013 pela Polícia Civil do Mato Grosso.
 
“Cuida-se de inquérito policial encaminhado a esta Corte pelo Juízo da 12ª Zona Eleitoral de Campo Verde/MT, instaurado por requisição do Ministério Público Eleitoral daquela localidade para apuração de fatos e da autoria de possível prática de crime[…], supostamente cometido pelos responsáveis financeiros do PT, em razão de doações fraudulentas para a campanha presidencial nas eleições de 2010”, afirma Mendes em seu despacho.


 

 

 

Gabriel Mascarenhas

Folha de S. Paulo