13/10/2014 - Guilherme de Pádua pedirá ao Google que apague seu passado

Dia 29 de dezembro de 2002. No ar na novela De Corpo e Alma Daniela Perez, filha da autora da trama, Gloria Perez, foi assassinada a tesouradas por seu par romântico de cena, Guilherme de Pádua, e sua mulher à época, Paula Thomaz. Passados 12 anos da tragédia, Guilherme, após cumprir pena e virar evangélico, pretende entrar com uma ação contra o Google. 

Segundo o colunista Leo Dias, do jornal O Dia, ele teria dito aos amigos que quer que o site de buscas apague tudo o que prejudique sua reputação, uma vez que já pagou o que devia na Justiça, mas queria que a ação contra o portal americano ficasse em segredo.

 

O colunista destaca que Guilherme teme queGloria Perez mobilize a população e seu processo não vá adiante. Ele ainda ressalta que, após ter sido condenado a 19 anos de prisão pelo assassinato dr Daniela Perez, agora ele vai voltar aos tribunais por conta de uma dívida.

 

Guilherme é réu num processo de execução fiscal, onde é cobrado ao ator o valor de R$ 5.970 de um tributo. A briga judicial corre na comarca de Belo Horizonte, cidade onde Guilherme mora atualmente. Leo Dias conta que um oficial de justiça tentou citar o ator, mas ele não foi encontrado em sua casa.

 

 

Fonte: TMN TV

Comentários

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário